MINHA MÃE - JOSUE RAMIRO RAMALHO - UM LIVRO PARA MAMÃE



Josue Ramiro Ramalho/Julia Maria de Deus

Minha mãe
Ternura suprema
Mulher doce serena
Bela flor de meu jardim
O seu dia é eterno
Tens um amor tão singelo
E nunca esqueces de mim
Minha mãe
És a felicidade
Carinho paz, amor e bondade
Que Deus colocou aqui
Sempre foi a primeira
A rainha, a mais brilhante estrela
Meu início, meio e fim
Minha mãe
Terei sempre saudades
De tanta ternura e fulgor
Alegria e fraternidade
Pois tu és todo amor
Que brotou em mim
Em seu dia de glória
Você será minha estória
Em seu dia de glória
Que Deus te abençoe 
Sempre assim.


Comentários

  1. Subiu minha querida mãe para o andar onde todos irão morar um dia. Na saudade ainda estou, mas sei que o eterno sabe das coisas e tudo está certo conforme a natureza das suas resoluções. Sempre agradeço a esta maravilhosa mulher que me trouxe a este mundo onde posso conviver com pessoas dignificantes. Obrigado Cymar Gaivota, por esta oportunidade de rever com ternura um momento inesquecível como este. Sucessos pra você!

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo Josué ninguém morre quando permanecem vivos em nossos corações,mas, infelizmente a ausência de quem amamos é uma dor cruel. Mantenha sua mãe viva dentro de você, assim como ela manteve você dentro dela até o momento de trazê-lo ao mundo e cuidar de você. Parabéns por ser um filho abençoado. Gaivota

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".