LABORATÓRIOS TERÃO 5 ANOS PARA TROCAR 17 TESTES EM ANIMAIS POR MÉTODOS ALTERNATIVOS



Decisão foi anunciada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação nesta sexta-feira (26)

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação anunciou nesta sexta-feira (26) a publicação de uma resolução que reconhece 17 métodos de pesquisa alternativos ao uso de animais no Brasil. Por conta disso, os laboratórios têm um prazo de 5 anos para substituir os testes em animais para os métodos alternativos listados pelo Ministério.

"A mudança deve permitir uma redução significativa do emprego de animais em estudos toxicológicos", afirmou em comunicado o coordenador do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), José Mauro Granjeiro.

Os novos métodos permitem a medição do poder de irritação e corrosão da pele e dos olhos, além de absorção e sensibilização cutânea e toxicidade, impedindo que produtos como cosméticos, agrotóxicos, medicamentos, tintas e saneantes sejam testados em animais.






PAI DE TRANSEXUAL, MARCELO TAS FALA SOBRE FILHO: "ACEITEI E ACOLHI"

Fotos: Reprodução

De acordo com o âncora da bancada do CQC, da Band, a filha assumiu a bissexualidade aos 15 anos e virou transexual aos 22

O apresentador Marcelo Tas é engajado na luta contra a homofobia. Pai de Luiza, que mudou de sexo e se transformou em Luc, ele disse que lidou com a questão naturalmente. Atualmente, o filho do apresentador vive nos Estados Unidos. 


De acordo com o âncora da bancada do CQC, da Band, a filha assumiu a bissexualidade aos 15 anos e virou transexual aos 22, quando começou a atuar como advogado nos Estados Unidos. Tas não ficou abalado com a notícia. "Talvez eu faça parte de uma primeira safra de pais que souberam acolher e tratar com mais naturalidade a questão de forma transparente. Aceitei e acolhi", disse o apresentador em entrevista ao blog de Leo Dias.

Diferente de muitos pais, Tas garante ser muito sortudo por ter um filho como Luc. O amor e o companhismo são recíprocos. "Sou muito sortudo. A realidade é que minha família sempre me apoiou em tudo. Eu contei que era bi quando ainda era muito novo, e eles nem piscaram. Quanto a eu ser trans, acredito que foi um pouco mais difícil, tanto para mim quanto para eles", disse o filho do apresentador, que garante ser chamado de "ele" por todos os familiares.

Além de Luc, Marcelo Tas tem mais dois filhos, Miguel e Clarice, de 13 e 9 anos, respectivamente. Ele conta que ambos aceitaram a decisão do irmão e lidaram com muita naturalidade.

"Clarice na hora rebateu que ela sempre percebeu que o Luc não gostava de usar roupas femininas e que tinha certeza de que ele estava fazendo a coisa certa. E ela concluiu com uma tirada incrível: 'E a gente só tem que fazer uma coisa, passar a chamar ela de ele. Só isso!'. Eu fico surpreso e até esperançoso de ver como as crianças nos ensinam a tratar assuntos aparentemente espinhosos e complicados de uma forma generosa e elevada", completou.


CURIOSITY PERFURA BURACO NO SOLO DE MARTE


Material será avaliado nos laboratórios internos do rover enviado pela Nasa

RIO - O rover (veículo de exploração espacial) Curiosity enviado a Marte pela Nasa perfurou seu primeiro buraco em rocha marciana desde maio. O equipamento usou sua ferramenta que funciona como uma espécie de broca para coletar amostras da superfície do Planeta Vermelho, em um local que foi apelidado de "Pahrump Hills".
A perfuração corresponde a um buraco de seis centímetros e tem o efeito de empurrar partículas de rocha pulverizada para cima, que são recolhidas por uma câmara do equipamento. Depois de peneirado, parte do material é alojado em laboratórios dentro do Curiosity.
O Curiosity já perfurou três pedras para recolher rejeitos em pó para análise em seus laboratórios de bordo. Esta última aquisição deve dar aos cientistas um exemplo do tipo de sedimento que se encontra por lá.
A equipe da missão espera que a amostra tenha um alto teor de silício, já observado em outras rochas.
Atualmente, o rover da Nasa está se locomovendo pelas colinas próximas ao "Monte Sharp", um pico que fica cinco quilômetros acima da cratera Gale. Os pesquisadores esperam que a química das rochas na base da montanha revelem novos detalhes sobre a história ambiental de Marte.
O robô, que pesa uma tonelada, já revelou que um lago e rios estiveram presentes no chão de Gale há bilhões de anos. Para cientistas, as condições desta época poderiam ter proporcionado a existência de micro-organismos no planeta.



RÚSSIA ENVIA SUA PRIMEIRA MULHER À ESTAÇÃO ESPACIAL INTERNACIONAL

Elena Serova acena durante sua despedida ao embarcar na Soyuz TMA-14M, no Cazaquistão (Foto: AP Photo/Yuri Kochetkov, Pool)



Elena Serova, de 38 anos, parte na quinta (25) de base no Cazaquistão.
Voo marca volta das mulheres a programa espacial russo após 17 anos.


A astronauta Elena Serova, de 38 anos, partiu ao espaço nesta quinta-feira (25) rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), marcando o retorno das mulheres russas à conquista espacial, da qual estavam ausentes desde 1997. A nave Soyuz-TMA14M, com Serova a bordo, foi lançada às 12h25, horário de Moscou (17h25 de Brasília), do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, indicou o centro de controle russo.

"Serei a primeira mulher russa a ir para a Estação Espacial Internacional (ISS). Os tripulantes têm uma enorme responsabilidade para com as pessoas que os formaram e quero dizer a elas: 'não vamos decepcioná-los'", disse Serova, que vai ao espaço ao lado do cosmonauta russo Alexander Samokutiaev e do astronauta americano Barry Wilmore.

No ano passado, a Rússia comemorou os 50 anos do voo da primeira mulher ao espaço, Valentina Tereshkova, em 16 de junho de 1963. Depois dos voos de Svetlana Savitskaia, em 1982 e em 1984, Elena Kondakova fez o mesmo entre 1994 e 1997.

O voo de Serova marca a volta das mulheres russas ao espaço após 17 anos de ausência.
"Quando Tereshkova voou, estávamos em plena concorrência com os Estados Unidos para saber qual de nós enviaria a primeira mulher ao espaço", explicou à AFP o editor-chefe da revista Novosti Kosminavtiki ("Notícias do Espaço"), Igor Marinin.

Marinin acrescentou que, posteriormente, os voos de mulheres se tornaram menos frequentes porque muita gente da indústria aeroespacial pensava que "o espaço era um duro trabalho de homens".

"É o meu trabalho", explicou Serova em coletiva de imprensa, ao ser consultada por um jornalista sobre como enfrentará, "como mulher", a separação de sua família e, em particular, de sua filha.

"Minha filha tem quase 17 anos (...) Não vejo qual problema possa haver para me comunicar com ela (...) Terei muitas oportunidades de ligar para ela, saber como está e apoiá-la, caso sofra um golpe duro", explicou.

Quando perguntada por um jornalista como vai se pentear a bordo da ISS, Serova devolveu: "você também se interessa pelo corte de cabelo dos meus colegas?".

Serova nasceu em 22 de abril de 1976, em Primorié, no Extremo Oriente russo, e terminou a Faculdade Aeroespacial no Instituto de Aviação de Moscou, em 2001.

Em 2007, começou a se preparar para voos espaciais. Em 2013, em entrevista à AFP, Serova disse que não tinha a intenção de estabelecer nenhum recorde e que queria apenas "fazer seu trabalho" a bordo da ISS. 

"Se tudo sair bem (...), servirá de sinal para que mais mulheres ponham à prova sua força no espaço", acrescentou. 


O foguete Soyuz TMA- 14M é lançado no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão (Foto: Joel Kowsky/AP Photo/NASA )



ESTUDO DIZ QUE CURRY PODE AJUDAR CÉREBRO A SE REGENERAR



Em ratos, ingrediente de molho indiano acelerou a
regeneração (Foto: Cardoso/BSIP/AFP)


Pesquisa alimenta esperanças na luta contra Alzheimer. 
Molho indiano teria estimulado células nervosas em ratos.


Um estudo alemão sugere que o famoso molho indiano curry pode ajudar a combater doenças degenerativas graves, como o Alzheimer. Segundo a pesquisa, feita com ratos, um dos componentes que torna o curry picante pode acelerar a capacidade de regeneração do cérebro.

O estudo foi feito no Instituto de Neurociência e Medicina, na Alemanha, e publicado no jornal científico "Pesquisas e terapias com células-tronco". Ele concluiu que um composto encontrado no açafrão-da-terra (ou curcuma) – um dos ingredientes do curry - pode estimular o crescimento de células nervosas que seriam parte do ‘kit’ de reparação do cérebro.

Cientistas avaliam que, baseado nesse estudo, é possível achar um caminho para remédios mais eficientes para tratar o mal de Alzheimer. Mas para a pesquisadora britânica Laura Philipps ainda é cedo para tirar conclusões sobre o efeito do curry em doenças degenerativas.

"Não está claro se os resultados dessa pesquisa funcionarão também para pessoas ou se essas novas células cerebrais poderiam beneficiar quem tem Alzheimer", diz Philipps. "Precisamos de estudos mais avançados para entender os efeitos desse componente em uma doença tão complexa como o Alzheimer - e até lá as pessoas não devem começar a estocar açafrão-da-terra."

Pesquisa
Os pesquisadores do Instituto de Neurociência e Medicina estudaram os efeitos do turmerone aromático, um composto natural encontrado no açafrão-da-terra. Eles injetaram o componente nos ratos e, em seguida, passaram a monitorar o cérebro dos animais.
Com o tempo, notaram uma atividade maior de uma parte específica do cérebro onde há o crescimento e desenvolvimento de novas células nervosas. Por causa desse resultado, os cientistas acreditam que o componente do açafrão-da-terra pode estimular a proliferação de células cerebrais.
Em uma parte separada do estudo, os pesquisadores mergulharam células-tronco neurais em diferentes concentrações do tumerone aromático. Essas células têm a capacidade de se transformar em qualquer célula cerebral e os cientistas sugerem que elas poderiam ter um papel importante na reparação do cérebro após uma lesão ou doença.

Descobertas
"Em seres humanos e animais mais desenvolvidos, essas células-tronco neurais parecem não ser suficientes para reparar o cérebro, mas em peixes e pequenos animais menores funcionam bem", explicou a pesquisadora Maria Adele Rueger, que fez parte da equipe que fez o estudo.
Segundo a pesquisa, quanto maior a concentração de turmerone aromático, maior o crescimento das células-tronco neurais. As células banhadas no componente parecem ter se desenvolvidos em células cerebrais de forma mais rápida.
"É interessante que seja possível aumentar a eficácia das células-tronco com o turmerone aromático", diz Rueger. "E é possível que isso também possa ajudar no reparo do cérebro."
Rueger está avaliando se seria viável fazer testes em seres humanos para avançar na pesquisa.


POR CYMAR GAIVOTA - VIVENDO À SOMBRA DO MEDO URBANO - I



Lucymar Soares ( Cymar Gaivota)

Entrei em um dos grandes supermercados de Salvador para umas comprinhas e senti que em pleno século XXI em uma capital brasileira o sistema escravo continua a imperar.

Essa semana fui às compras e como de costume fui a um desses distribuidores de alimentos em salvador e como cliente chamei uma funcionária e perguntei e se ali tinha Wi-fi. Sem crédito no celular e querendo acompanhar o meu Blog, apelei para Wifi do supermercado.   A funcionária riu muito e disse algumas coisas que achei engraçado, mas constrangedor para eu ouvir porque logo percebi que, o fato não era tão simples, wi-fi. Senti em suas palavras - logo chamou mais três colegas e perguntou em tom de muita comédia se elas sabiam se ali tinha Wi-fi - que ali existe uma situação de sistema escravo de trabalho. 

Resumimos a conversa entre nós cinco, concluindo que, a situação é muito clara, se conversar muito, perde o emprego e se perguntar se tem Wi-fi, "toma fio pelas costas". Nossa!  O assedio moral deve ser gritante nesta empresa. 

Enquanto escolhia meus produtos fiquei a refletir sobre o assunto. Eu poderia procurar a gerencia para saber se tinha Wi-fi e se a resposta fosse negativa, eu iria sugerir a implantação para melhor servir o cliente e atrair ainda mais a clientela pela comodidade de mais um atrativo a seu dispor.  Mas não o fiz. Fiquei perdida nas minhas reflexões e um sentimento de revolta pela existência de patrões que insistem em tratar seus funcionários à base do chicote.

Fazer uma denuncia ao Ministério do Trabalho poderia ajudar para melhorar a vida de tantos funcionários que compõem aquela empresa, mas certamente nenhum desses funcionários confirmaria tal informação por medo de perder o emprego o que ficou bem claro em nossas conversas. Nem o cliente se dirige para sugerir melhoras no atendimento e nem os funcionários tem coragem de solicitar os seus direitos trabalhistas. 

Em várias outras situações onde encontro mau atendimento em setores públicos e privados e reclamo, observo no rosto das pessoas ao meu redor que deveriam de juntar a mim no protesto, olhares tímidos e poucos são os que concordam e se juntam para reivindicar um atendimento de direito. 

Criticamos um funcionário que aceita trabalhar em uma situação desumana e que fere os seus direitos, mas nós sociedade temos nos calado nas filas que se formam nesse país diante de péssimos atendimentos. 

Na verdade temos medo da represália, temos medo da violência, temos medo da convivência. Somos cidadãos vivendo à sombra do medo urbano. Existe muito trabalho escravo disfarçado nas capitais e nos interiores. Isso não é segredo para governo e sociedade. 

Elegemos governantes para cuidar de nós e de nosso povo, vários Órgãos são criados para proteger-nos e cuidar dos nossos direitos, mas, esses Órgãos se fazem de surdos e alegam que é preciso que ocorram denúncias. Por outro lado o povo não tem coragem, então, fica tudo no faz de conta que existe.

PROJETO DOMINGO NA PRAÇA REALIZA ATIVIDADES CULTURAIS NO DIQUE DO TORORÓ







Serão realizadas atividades de incentivo à leitura incluindo rodas de poesia, dança e contação de história


O projeto Domingo na Praça estará no Dique do Tororó com diversas atividades culturais, neste domingo (28). Comandada pela atriz Kátia Lanto, que fará uma performance em homenagem à chegada a Primavera, o projeto estará na área de lazer das 8h às 12h com uma programação especial.

O evento que é realizado pela Biblioteca de Extensão, uma unidade da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia promoverá atividades de incentivo à leitura incluindo rodas de poesia, dança e contação de história.
Todas as atividades desenvolvidas no projeto são gratuitas.




FILME BAHÊA MINHA VIDA SERÁ EXIBIDO NO TELÃO DA FONTE NOVA – DOMIGO ( 28)



Ao todo, são 120 entrevistados, como o técnico Evaristo de Macedo e os campeões da Taça Brasil de 1959 Léo Briglia, Nadinho, Vicente e Marito

O filme Bahêa Minha Vida será exibido no telão da Fonte Nova amanhã, a partir de 13h30. Lançado em 2011, o documentário é dirigido por Márcio Cavalcante e aborda a paixão da torcida tricolor pelo clube através de relatos de torcedores, jornalistas, jogadores, ex-jogadores, entre outros.

Ao todo, são 120 entrevistados, como o técnico Evaristo de Macedo e os campeões da Taça Brasil de 1959 Léo Briglia, Nadinho, Vicente e Marito. A novidade é uma parceria entre a Arena Fonte Nova e o Bahia na tentativa de evitar as longas filas que têm sido rotineiras em dias de jogo. A partida começa às 16h.



VEJA TRAILER AQUI: 


Fotos: Reprodução do Trailer

ESPETÁCULO ADÃO ESTREIA TEMPORADA EM OUTUBRO, NO PALACETE DAS ARTES


Foto de Cleiton Libra


A história de Adão, o primeiro homem do mundo, será apresentada no mês de outubro no Palacete das Artes, na Graça. O espetáculo Adão toma como partida a gênese cristã sobre da criação do mundo e aborda os momentos de solidão de Adão antes do surgimento de Eva. As apresentações, todas gratuitas, acontecem nos dias 2, 3, 9, 10,16 e 17 de outubro, às 20 horas.

Em cena quatro atores - Heron Sena, Heyder Moura. Ricardo Andrade e Thiago Carvalho - se apropriam do mito para abordar temáticas como: solidão, evolução tecnológica, androgenia e a relação dos homens com as máquinas. Adão tem uma abordagem contemporânea e coloca em evidência as relações entre o corpo e tecnologia, levando o público para um lugar onírico e subjetivo.
O espetáculo integra a “Trilogia da Nova Gênese”, projeto que teve início em 2013 com a formatura do artista Georgenes Isaac no curso de Direção Teatral pela Universidade Federal da Bahia, através do espetáculo Lady Lilith.
“Desde então, este grupo de artistas, pesquisam sobre a gênese cristã, que impõe limites de gênero excludentes, para assim resignificar este princípio e criar um possível “novo mundo”, abordando os mitos da gênese sem o machismo presente na história de Adão e a criminalização presente nos mitos de Lilith e Eva”, explica Isaac, que assina a direção do espetáculo.

Ficha técnica:
Direção: Georgenes Isaac
Co- Diretores: Chan Marçal, Heron Sena, Ricardo Andrade e Thiago Carvalho
Elenco: Chan Marçal, Heron Sena, Ricardo Andrade e Thiago Carvalho
Músicos: Gabriel Garcia Lorenzo e Omar Leoni
Iluminação e Figurino: Processo colaborativo com os atores
Maquiagem: Thiago Romero
Cabelos: Fabíola Júlia
Fotos: Cleiton Libra
Produção: Ligía Benigno
Assistente de Produção: Fábio Handel


Serviço: 

O que: Adão
Onde: Palacete das Artes – Rua da Graça, 258 – Graça
Quando: dias 2,3,9,10,16 e 17 de outubro
Horário: 20h
Quanto: Entrada Franca
Informações: (71) 9272-0745

Departamento de Comunicação
Georgenes Isaac
71 – 9125-9125

CIENTISTA BRASILEIRA DESCOBRE NOVO MÉTODO DE FAZER IMAGEM QUÂNTICA




Pesquisa foi publicada na revista científica "Nature" no fim de agosto.
Brasileira Gabriela Barreto Lemos faz pós-doutorado em ótica quântica.

Uma câmera fotográfica capta a luz refletida pelos objetos fotografados. A obtenção da imagem de um objeto depende, portanto, de uma luz que chegue até ele. O que uma cientista brasileira descobriu, em um experimento conduzido na Academia Austríaca de Ciências, foi que é possível obter a imagem de um objeto a partir de fótons (partículas elementares da luz) que não tiveram qualquer interação com o objeto. A pesquisa foi publicada no fim de agosto na revista "Nature".

Para chegar a esse feito, Gabriela Barreto Lemos, que faz pós-doutorado na Áustria, e sua equipe usaram pares "gêmeos" de fótons. Cada "irmão" tem um comprimento de onda diferente, ou seja, eles têm cores diferentes, mas estão "entrelaçados", o que significa que mantêm as mesmas propriedades.

No experimento, os cientistas iluminaram um objeto com um dos fótons, com comprimento de onda que seria indetectável por uma câmera. Enquanto isso, o outro fóton que, não interagiu com o objeto, foi detectado pela câmera, formando a imagem com a qual seu irmão gêmeo havia interagido.

"Iluminamos o objeto com um dos fótons e em vez de coletar a imagem do fóton que interagiu com o objeto, detectamos a luz do outro fóton, o irmão daquele que interagiu com objeto", disse Gabriela, em entrevista à revista "Nature". "Por serem gêmeos, mesmo que estejam separados, eles continuam compartilhando informação e essa informação pode ser acessada pelos dois juntos ou por cada um deles separadamente."

É como se os dois fótons tivessem uma comunicação "telepática" entre si, em que eles pudessem saber o que o outro está iluminando mesmo estando separados fisicamente.





BRASIL INDICA 'HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO' PARA TENTAR VAGA NO OSCAR


Foto: http://realfm.com.br/?p=2711



Longa tem protagonista cego e gay e já ganhou prêmio em Berlim.

Seleção final para candidatos a melhor filme estrangeiro é feita pelo Oscar
A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou nesta quinta-feira (18), em evento na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, que o longa "Hoje eu quero voltar sozinho", de Daniel Ribeiro, vai representar o Brasil na disputa pelo Oscar 2015 de melhor filme em língua estrangeira.

A seleção final dos concorrentes na categoria ainda será definida pela organização da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pela premiação. Os indicados devem ser divulgados no dia 15 de janeiro. A 87ª edição do Oscar acontece no dia 22 de fevereiro.
Cena do filme 'Hoje eu quero voltar sozinho'
(Foto: Divulgação)

"Hoje eu quero voltar sozinho" mostra a história de um garoto deficiente visual e homossexual, Leonardo, interpretado por Guilherme Lobo. Na trama, o protagonista tenta fugir da superproteção da mãe e tem de lidar com as descobertas da adolescência. Um dos temas é justamente um romance jovem gay.


O filme teve estreia mundial no prestigiado Festival de Berlim, em fevereiro. Lá, ganhou o Teddy de melhor longa para um filme com temática LGBT e o prêmio da Fipresci (Federação Internacional de Críticos de Cinema) de melhor filme da mostra Panamorama. Na época do lançamento no Brasil, o diretor afirmou que houve uma "invasão gay" brasileira em Berlim.

Sobre a produção, Marta Suplicy disse nesta quinta, durante o anúncio: "É uma obra de alta sensibilidade, de linguagem universal. Pode fazer história para nós".

Marta Suplicy (ao centro) e o secretário do
Audiovisual do MinC, Mario Borgneth (ao microfone),
na Cinemateca Brasil (Foto: Letícia Mendes/G1)

Dizendo-se surpresa com a pré-indicação, a produtora Diana Almeida informou que "Hoje eu quero voltar sozinho" estreia nos Estados Unidos em 7 de novembro. Primeiro, em salas de Nova York e San Francisco, depois em mais 30 cidades. Para ela, o romance gay é mostrado de forma "leve". "É um filme com formato clássico, mas com um protagonista diferente, cego e gay. E deu supercerto", afirmou. "Foram quatro anos e meio para fazer esse filme. É muita pretensão falar que vai ajudar a diminuir a homofobia no Brasil, mas ele passa uma mensagem muito positiva. E os relatos do público até agora foram incríveis, mesmo do público heterossexual." O cineasta Daniel Ribeiro não participou do evento na Cinemateca porque está lançando o filme na Austrália.

A última vez que o Brasil teve um filme indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro foi em 1999, com "Central do Brasil". Também concorreram ao prêmio "O pagador de promessas" (1963), "O quatrilho" (1996) e "O que é isso, companheiro?" (1998).

Adversários
O prazo para o recebimento de inscrições de longas brasileiros se encerrou no dia 10 de setembro. Foram admitidas apenas produções exibidas no circuito comercial pela primeira vez e por pelo menos sete dias consecutivos no período de 1º de outubro de 2013 a 30 de setembro de 2014, comprovado por meio do cronograma de exibição.

De acordo com o Ministério da Cultura, 20 filmes foram inscritos, mas dois deles ("Faroeste caboclo" e "A coleção invisível") não puderam concorrer por terem entrado em cartaz antes da data limite estipulada pela Academia. A Comissão Especial de Seleção era formada por George Torquato Firmeza, Jeferson Rodrigues de Rezende, Luis Erlanger, Sylvia Regina Bahiense Naves e Orlando de Salles Senna.

Os últimos representantes do Brasil na seleção aos indicados a melhor filme em língua estrangeira foram "O som ao Redor" em 2014, "O palhaço" em 2013, "Tropa de elite 2: O inimigo agora é o outro" em 2012, "Lula, o filho do Brasil" em 2011 e "Salve geral" em 2010. E a última vez em que uma produção nacional conseguiu chegar à lista final dos cinco indicados foi em 1999, com "Central do Brasil".

Veja a lista dos 18 filmes que disputaram a seleção nacional para o Oscar 2015:
"A grande vitória", de Stefano Capuzzi
"A oeste do fim do mundo", de Paulo Nascimento
"Amazônia", de Thierry Ragobert
"Dominguinhos", de Eduardo Nazarian, Joaquim Castro e Mariana Aydar
"Entre nós", de Paulo Morelli
"Exercício do caos", de Frederico Caos
"Getúlio", de João Jardim
"Hoje eu quero voltar sozinho", de Daniel Ribeiro
"Jogo de xadrez", de Luís Antônio Pereira
"Minhocas", de Paolo Conti e Arthur Nunes
"Não pare na pista: A melhor história de Paulo Coelho", de Daniel Augusto
"O homem das multidões", de Marcelo Gomes e Cao Guimarães
"O lobo atrás da porta", de Fernambo Coimbra
"O menino e o mundo", de Alê Abreu
"O menino no espelho", de Guilherme Fiúza Zenha
"Praia do futuro", de Karim Aïnouz
"Serra pelada", de Heitor Dhalia
"Tatuagem", de Hilton Lacerda







LEIA O PRÍNCIPE, DE MAQUIAVEL, DIRETO DE SEU PC OU CELULAR


O Príncipe (1513), de Maquiavel, é um dos livros mais relevantes da história e fundamental na constituição dos Estados mundiais. Mais do que isso, é uma obra polêmica, perigosa e revolucionária. Agora, é possível lê-la gratuitamente na tela do seu computador ou sob pagamento em seu dispositivo móvel Android ou iOS.

A versão web do livro consiste em um PDF que pode ser acessado por qualquer sistema operacional.  Já a edição para smartphones e tablets é bem elaborada e inclui menus com os capítulos e opções para configurar o e-book e tornar sua leitura ainda melhor. O usuário pode alterar tamanho e estilo da fonte, o espaçamento entre as linhas, o alinhamento do texto e até mesmo o estilo das páginas, escolhendo a cor mais agradável à leitura, como sépia, por exemplo. O app conta ainda com passagem de páginas, como é comum a leitores de livro eletrônicos.

O Príncipe
Considerado o pai da ciência política, Nicolau Maquiavel tem seus textos estudados e analisados em escolas e universidades do mundo inteiro .Ao trazer O Príncipe, Maquiavel pensou o Poder no Estado, buscando compreender como as organizações políticas são fundadas, se desenvolvem e depois decaem. A partir daí, percebeu a necessidade da criação de uma arte de governar, essencial para a manutenção das sociedades. Escrito de 1513 a 1516 e publicado em 1532, a obra expressa a mentalidade de seu tempo, esclarecida sob a luz renascentista.

Em uma série de conselhos ao príncipe, Maquiavel pontua que a figura deve ter competência de bem governar, ser aquele que possui a virtú. Tal conceito é central, entendido como a capacidade de perceber o jogo de forças que caracterizam a política, para depois agir energicamente na conquista e manutenção do poder.

Acesse o PDF ou faça o download de O Príncipe, obra-prima de Maquiavel, entenda parte importante da história mundial e dê os primeiros passos para se tornar um líder!

Nossa opinião
O e-book O Príncipe, que disponibiliza a obra de Maquiavel, é apresentado de forma simples e de fácil acesso a qualquer pessoa. Sua interface permite uma leitura otimizável, enquanto seus recursos são escassos.

Certamente o destaque da aplicação O Príncipe fica por conta das possibilidades de ajuste de leitura, que permitem mudar o estilo da página, alterar o tamanho e estilo da fonte, mudar o alinhamento do texto e modificar o espaçamento entre linhas. Com isso, o leitor pode obter um melhor aproveitamento do texto.

Já por outro lado, a impossibilidade de marcar o ponto onde parou faz com que o leitor memorize o capítulo e página ou anote em outro local para não esquecer. Outros pontos que poderiam ter sido melhor trabalhados é a falta de recursos para marcações no texto e não ter compartilhamento de trechos.

O Príncipe está longe de ser uma ótima aplicação de leitura: faltam recursos importantes para um bom aproveitamento da experiência. Porém, seu conteúdo é bem apresentado, o que permite ao leitor interessado na obra ter algum aproveitamento.



Prós
Totalmente traduzido para o português
Usabilidade que lembra realmente um livro
Possibilidade de ajuste de visualização


Contras
Não há como marcar o ponto em que parou a leitura
Não há como fazer marcações no texto
Impossibilidade de compartilhar trechos
http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/o-principe.html

LADY GAGA ABANDONA EXCENTRICIDADE EM DISCO DE JAZZ COM TONY BENNETT





Álbum 'Cheek to cheek' traz clássicos de Cole Porter e Duke Ellington.
'Fiquei conhecida como a garota extravagante de Nova York', diz cantora.

Lady Gaga e Tony Bennett, que enfrentam uma diferença de idade de 60 anos para formar uma das duplas mais improváveis da música, lançaram um disco de jazz nesta segunda-feira (22) que permitiu à diva pop deixar de lado sua imagem excêntrica para cantar melodias suaves com o elegante cantor.

"Cheek to cheek", à venda a partir de terça-feira depois de um show de lançamento no ambiente renascentista do Grand-Place de Bruxelas, traz clássicos do jazz de nomes como Cole Porter, Duke Ellington e outros bem distantes do século 21 de Lady Gaga.
“Quando comecei a compor para a indústria musical, fiquei conhecida como a garota extravagante do centro de Nova York”, disse ela na coletiva de imprensa no salão ornamentado do século 15.

“Por isso moldei minha música para ser daquele jeito, para ser notada, para poder viajar mais e fazer mais shows”, declarou a artista de 28 anos, conhecida tanto por suas roupas espantosas – como um roupão feito de carne – quanto por sua música e suas apresentações inovadoras.

Mas esta semana, envergando um vestido de veludo azul com uma cauda de dois metros, Lady Gaga estava mais para estrela hollywoodiana dos anos 1950 do que para rainha da MTV de 2014 – embora ainda jovem o suficiente para ser neta de Bennett.
“Sinto-me liberada”, afirmou, segurando a mão do colega ítalo-norte-americano nova-iorquino e ponderando sobre os desafios do jazz antigo. “Tony não aceita nada menos que eu por inteiro”.

Os dois se encontraram pela primeira vez em um concerto de caridade em Nova York em 2011, e pouco tempo depois gravaram uma versão para o clássico "The Lady is a Tramp" para o álbum Duets II de Bennett.



http://realfm.com.br/?p=2720



GRUPO HARMUSS LANÇA NOVO CD “PELA GLÓRIA QUE VIRÁ”







Neste sábado, dia 27 de setembro, às 19h, o Grupo Harmuss promove no Centro de Convenções da Bahia, o lançamento do novo CD "Pela Glória que Virá". Com mais de três décadas de existência, o grupo tem se destacado no cenário musical gospel, pela seriedade com a qual encara o seu trabalho e pela determinação de levar mensagens de esperança, amor e alegria em momentos tão difíceis como os da atualidade, onde o mundo inteiro carece de mensagens de esperança e da presença de Deus para suportar as adversidades e vencer com serenidade os obstáculos.

Fundado em 1982, a denominação HARMUSS, que significa “HARmonia e MÚSica ao Senhor”, começou seu ministério com um grupo de amigos que tinha a incansável vontade de passar para todos o amor de Jesus. Com o tempo, o grupo atingiu estrutura profissional e buscando novos ideais gravou em 1993 seu primeiro disco, “Exalte o Nome do Senhor”. O lançamento do segundo disco veio acontecer em 1996, “Esperança Real” firmando definitivamente o sucesso do grupo em todo o Brasil.

Em 1999 lançou seu terceiro disco “Só o Senhor é Deus”, atingindo repercussão internacional em 2000 quando recebeu o convite para participar da Conferência Geral, promovido pela Organização Mundial Adventista – Convenção Qüinqüenal da Igreja, em Toronto – Canadá. Nos meses de junho e julho de 2000, aproveitando a ida às Conferências no Canadá, o HarmusS fez 15 apresentações em diversas cidades dos Estados Unidos. Em 2003 lançou o 4º CD “Onde Ele For”. Em agosto de 2005, no Teatro ACBEU, o Grupo HarmusS gravou seu primeiro DVD “Você faz parte dessa história”.



Serviço:

O que:  Lançamento do novo CD do Grupo Harmuss

Onde: Centro de Convenções da Bahia

Quando: Dia 27 de setembro (sábado), às 19h.

Entrada: Sob Consulta (Com ingresso)

Informações: 71 9293-0916 / 9227-5112. 





BANDA GÊNESIS NO GOSPEL MADE IN BAHIA DE OUTUBRO





Na ocasião, a banda participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua.

O Talk Show Gospel Made in Bahia, que tem como missão abrir espaço para artistas do segmento evangélico, recebe no dia 4 de outubro (sábado), às 19h, no espaço Glauber Rocha da livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, a Banda Gênesis, da cidade de Simões Filho – BA. O grupo tem oito anos e um estilo musical que passa pela adoração, axé, pagode, pop rock e reggae. Atualmente trabalham em um EP com oito músicas, todas de autoria do vocalista/guitarrista/produtor André Conceição. A banda tem viajado pelo Brasil, onde já tocou em São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Norte, Ceará, Paraná e claro na Bahia.

Mensalmente o programa é gravado e disponibilizado em um canal do YouTube, onde as pessoas podem assistir todas as edições realizadas  através do link: https://www.youtube.com/user/GospelMadeinBahia. Nesta primeira temporada que vai até novembro, já participaram as cantoras Zandra Daiane, Sheila Oliveira, Banda Kalein (Cícero Dantas), Gleide Dammas e a Banda Monte Sinai Roots.  Na edição de novembro, que será realizada no dia 1º, às 19h, quem marca presença no Talk Show Gospel Made in Bahia é o Grupo Harmuss. Em cada edição, o convidado participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua.

Música Gospel – Com origem na música cristã dos negros americanos, a Música Gospel nasceu no início do século XX. Inicialmente era uma música harmoniosa diversificada em várias vozes (coral), um solista, piano, órgão, guitarra, bateria, baixo, formando um pequeno conjunto musical. Seu objetivo sempre foi promover a união entre Deus e os seus adoradores. Com sua expansão, a Música Gospel ultrapassou os limites da igreja Afro-americana e levantou voos, movimentando um rico mercado de milhões de dólares.

O Brasil também já descobriu o potencial da Música Gospel e vive um momento de pleno desenvolvimento.  A Associação Brasileira de Produtores de Discos destaca que atualmente o gospel é o segundo gênero musical mais consumido no país, perdendo apenas para o sertanejo. “A Bahia é celeiro de grandes artistas e sempre esteve na vanguarda dos movimentos musicais do Brasil, todavia o segmento Gospel ainda não encontrou o caminho do sucesso, uma vez que pouquíssimos nomes se destacaram nacionalmente”, observa o jornalista Carlos Souza Yeshua, o apresentador do Gospel Made in Bahia.  Yeshua assegura ainda que o projeto que coordena (Gospel Made in Bahia), mesmo sendo um pequeno evento, almeja contribuir com o crescimento e visibilidade da música que exalta o nome do Senhor Jesus.

SERVIÇO:
O quê: Gospel Made in Bahia com a Banda Gênesis
Onde: Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Espaço Glauber Rocha) – Salvador /BA.
Quando: Dia 04 de outubro (sábado), às 19h.
Entrada: Gratuita. 
Informações: (71) 8122-7231

Banda Gênesis:


NOVA ESPÉCIE DE PÁSSARO É DESCOBERTA E JÁ ESTÁ AMEAÇADA DE EXTINÇÃO

Macuquinho-preto-baiano tem 12 cm e 15 g; 
há apenas 3.000 exemplares na natureza

Cientistas reconheceram oficialmente no último mês uma nova espécie de ave descoberta na faixa da Mata Atlântica no litoral da Bahia. O macuquinho-preto-baiano (Scytalopus gonzagai), mede 12 centímetros e pesa cerca de 15 gramas. Mal foi descoberto, porém, os pesquisadores anunciaram que ele já está ameaçado de extinção.

Segundo pesquisadores, a estimativa é de que haja menos de 3.000 espécimes nessa porção da Mata Atlântica -- número considerado baixo para aves --, por isso o macuquinho-preto-baiano já entrou na lista de animais em risco de extinção.

A descoberta foi reconhecida em agosto, sendo publicada na revista The Auk, periódico científico da American Ornithologists' Union (União dos Ornitólogos Americanos), voltado para estudos e pesquisas de aves.

O passarinho passou muito tempo despercebido pelos ornitólogos que estudam a Mata Atlântica. Foi visto pela primeira vez em 1993, quando uma expedição com pesquisadores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) realizou a primeira coleta de exemplares e gravações do canto da espécie. Na época, os cientistas acreditavam se tratar de um macuquinho-preto comum (espécie do sul e sudeste do Brasil), por ter características semelhantes.

Apenas em 2004 foram iniciados os estudos direcionados a descobrir se seria uma nova espécie. O passarinho se difere do macuquinho-preto comum, entre outras características, pelo ritmo de canto mais forte e com diferentes vocalizações.


PACIENTE TOCA VIOLINO PARA AJUDAR EM OPERAÇÃO CEREBRAL



Paciente toca violino para ajudar em operação cerebral (Foto: Divulgação)



Paciente toca violino para ajudar em operação cerebral e para que médicos pudessem ver os locais onde deveriam modificar.

Paciente toca violino para ajudar em operação cerebral? Essa notícia causa mesmo uma certa dúvida, mesmo porque é incomum uma pessoa conseguir tocar um violino enquanto médicos operam o seu cérebro. Mas é bem comum que durante esse tipo de procedimento as pessoas ficarem acordadas para que os circuitos cerebrais não sejam desligados. Algumas vezes os médicos até conversam com os seus pacientes no decorrer do procedimento.

Agora, um paciente tocar violino para ajudar em operação cerebral é algo de fato surpreendente. Acontece que essa pessoas trabalha com isso, mas estava passando por um problemas sem explicação, onde ele não conseguia tocar porque tinha tremores muito fortes quando tentava fazer isso.

MÉDICOS PEDIAM PARA PACIENTE TOCAR

Roger Frisch teve que ser mantido acordado durante operação, pois ele poderia ajudar os médicos. Acontece que ele tinha que tocar para que pudessem ver onde seria melhor colocar os marca passos que terminariam com os tremores que impedem ele de tocar o violino.
A colocação do marca passo na cabeça ajudou muito pessoas que tinham tremores a pararem de ter ele. Pode ser que o mal volte a afetar as pessoas ao longo do tempo, mas acontece que pode mudar a vida da pessoa, a curando, ao menos momentaneamente do mal.
No caso desse paciente era necessário que ele tocasse no decorrer da operação para que os médicos pudessem ver se os efeitos do marca passo estavam dando certo naquele momento, ou se seria preciso trocar o marca passo de lugar para que os efeitos dessem certo e o paciente pudesse voltar a tocar o violino. Esse procedimento é mais comum do que muitos imaginas e é super eficaz.


LANCHONETE LANÇA LANCHE COM QUEIJO PRETO NO JAPÃO






Lanchonete lança lanche com queijo preto no Japão e público pode consumir essa iguaria até novembro desse ano.

Lanchonete lança lanche com queijo preto no Japão  e causa espanto! Também, não para menos, imagine só você chegando em uma lanchonete e vendo um lanche totalmente preto? O pão preto já existe, isso é fato, e você pode conferir no mercado mais próximos. No entanto, o queijo é branco, verde no máximo, no caso do gorgonzola. Essa novidade de queijo preto vai deixar os clientes de cabelo em pé, e muitos terão medo de experimentar essa novidade por causa da cor do queijo.

Lanchonete lança lanche com queijo preto no Japão da linha Koru.  O Burger King japonês traz a partir do dia 19 de setembro a novamente ao mercado a linha Koru (que significa preto em japonês). Os lanches já foram vistos pelos clientes da rede de lanchonetes no Japão em 2012, mas agora voltam com tudo. Os lanches pretos desta vez, são o KURO Pearl e o KURO Diamond, custando 480 ienes (R$ 10,30) e 690 ienes (R$ 14,85) respectivamente.

Os japoneses gostam de inovar até mesmo na comida, mas essa novidade está dando o que falar em todo o mundo. O segredo desse queijo preto não foi revelado, mas a temporada desse queijo diferente será curta e tem data marcada para terminar. Por isso, os japoneses devem se apressar para experimentar esse lanche diferente.