DIÓGENES MOURA LANÇA FULANA DESPEDAÇOU O VERSO




O escritor Diógenes Moura lança no próximo dia 9 de dezembro, no restaurante Casa de Teresa, no Rio Vermelho, em Salvador, o livro Fulana Despedaçou o Verso. Este novo livro de crônicas da vida cotidiana, editado pela Terra Virgem Edições,  surge da observação e desconforto do autor diante de uma "realidade perdida", ou seja, de uma constatação de que “algo está realmente prestes a explodir. Mais uma vez”.

Em uma análise de suas obras anteriores, Diógenes Moura chega à conclusão de que reescreve o mesmo livro desde 1982, quando lançou Mingau de Alma ou o Traço Fixo da Loucura. O autor escreve o que é, e não o que pensa. “Escrevo e reescrevo o mesmo livro desde sempre. Me parece que tenho apenas uma palavra. Um pequeno vocabulário que se expande cada vez que chego diante do milagre que  é a porta de entrada para um novo livro.”.

Com design de Leticia Moura, o livro relembra uma caderneta de anotações. A tiragem desta primeira edição é limitada a 500 exemplares.

Assessoria de Imprensa
Companhia de Comunicação
Tels: 3247-5851/88921119 (Antonio Moreno)

Comentários