POR QUE CIENTISTAS QUEREM ENVIAR GELO PARA A ANTÁRTICA?



Com o intuito de preservar, para pesquisas futuras, amostras de glaciares de montanha ameaçados pelo aquecimento global, cientistas estão planejando enviar um navio repleto de gelo para a Antártica.


O objetivo é manter ali, um dos locais mais frios da Terra, um novo depósito de exemplares dessas geleiras. A primeira contribuição para o projeto deverá ser feita em 2016, com gelo coletado do glaciar conhecido como Col du Dôme, localizado a uma altitude de 4.350 metros, logo abaixo do cume do Mont Blanc, nos Alpes franceses.

Coberto por neve, seu gelo não parece estar ameaçado, mas as aparências enganam. "Em 1994, medimos a temperatura dentro do glaciar. Fizemos o mesmo em 2005 e detectamos um aquecimento de 1,5ºC", diz Jérôme Chappellaz, do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, que está envolvido na criação do depósito de gelo na Antártica.

Chappellaz explica que evidências científicas apontam que muitos dos glaciares fora dos polos desaparecerão neste século. "Mesmo naqueles em altitudes mais elevadas, seu gelo já passou a derreter parcialmente durante o verão", diz o cientista. "Trata-se de um objeto de estudo sob o risco de desaparecer do planeta. Se você trabalha com corais, sedimentos marinhos ou florestas, este material ainda estará por aqui por muitos séculos."




A matéria é extensa, veja tudo aqui:

Comentários