EM HOMENAGEM AO DIA DO POETA - EU , VOCÊ E A LUA

20 de outubro - Dia do Poeta 
Sueli Lopo


Como não falar de romance, 
De amor e sedução, 
Olhando uma lua tão linda, 
Lembrando da minha paixão... 
Ele que foi embora, 
Deixando-me na solidão.
E olhando a lua, agora 
Vem á mente fragmentos de um tempo bom
Na sacada daquele cantinho que um dia foi nosso ninho, 
Me lembrado com carinho, 
Trocamos caricias e afagos em noites de inverno, 
De céu cinzento, 
Mas, como todos os amantes tem a proteção divina, 
Deus que é puro amor, 
Pra ver os pombinhos felizes, 
Uma linda magia lançou, 
E no céu uma brecha se abriu 
E a lua tão majestosa a toda prosa, surgiu 
E iluminou nossos momentos de amor por muitas noites... 
Hoje, você não estar  mais comigo, 
Mas, você não pode negar que já me amou, 
Você não tem como negar, 
Pois, naquela sacada do “apêzinho”
Por mais que você negue ao mundo, 
A lua sempre esteve presente 
E é testemunha ocular dos nossos momentos de amor.

Sueli Lopo participa da Antologia Memórias


Comentários