EM HOMENAGEM AO DIA DO POETA - SUELY SABA - À PROCURA DA LUA AVERMELHADA




20 DE OUTUBRO - DIA DO POETA 

Suely Saba
Você que buscou pela lua avermelhada
E não a encontrando, elaborou sonhos... 
Pensou e até se lamentou
Queixosa como havia de ser 

O espetáculo realmente não foi visto
Mas, você o sentiu
E tal qual a Lua em seu eclipse 
Que quis mostrar em meio à aproximação da terra
Percebeu a capacidade de realização, promessa e esperança
Que a Vida nos dá a cada amanhecer

Ei, veja... A Lua está logo ali
Olhe-a do jeito que achar melhor
Vista-se de fantasia
E harmonize-se com o seu jeito de olhar 
Em cores e fantasias
E por que não dizer
Em suave poesia? 

Sueli Saba participa da Antologia Memórias
Organização: Lucymar Soares

Comentários