ESCOLA REVOLUCIONA SALA DE AULA AO COLOCAR CRIANÇAS E IDOSOS PARA APRENDEREM UNS COM OS OUTROS



Idosos possuem uma vida de sabedoria, as crianças têm sede de conhecimento e um conceito revolucionário em sala de aula está trazendo as duas gerações juntas de segunda a sexta no programa iGen.

A sala de aula intergeracional foi lançada no Centro Comunitário de Sherbrooke, em Saskatoon, em setembro de 2014.

A professora Keri Albert está no meio de um projeto de escrita intergeracional, que ela disse que tem sido uma das maiores lições até agora.

“Um exemplo pode ser o transporte”, disse Albert. “Então, como foi para eles quando eles eram jovens?”, disse ela referindo-se aos idosos em sua sala de aula “e, em seguida, os alunos iGen falam sobre como é para eles agora.”

As lições são recíprocas, com os residentes aprendendo sobre a tecnologia e o ritmo rápido de crianças do século 21. Celulares, iPads e computadores estão em sala de aula, e dois estudantes passam parte da manhã ensinando um residente como jogar um jogo online.

Além do currículo, os alunos aprendem empatia, compaixão, comunicação e as lições gerais de vida. “É a criação de uma apreciação para a humanidade de todas as idades das pessoas”, disse Albert. E os princípios básicos permanecem: leitura, escrita e aritmética, assim como nos velhos tempos.

O programa tem impactado tanto idosos quanto estudantes. “Essas crianças trazem tanta energia e vida e emoção aos idosos aqui”, disse a porta-voz de Sherbrooke, Patricia Roe.

O atendimento e serviço prestado no Centro Comunitário de Sherbrooke baseia-se na filosofia Eden Alternativa, que tenta combater as pragas de cuidados de longa duração: a solidão, desamparo e tédio.

Trazendo plantas e animais para o ambiente foram os primeiros passos.



Comentários