CHINA ANUNCIA ROBÔ-POLICIAL QUE DISPARA CHOQUES




A criação consegue atingir uma velocidade de 18 km/h

No futuro, se você estiver passando pela China e cometer algum tipo de crime, poderá ser preso por um robô. 

A Universidade de Defesa Nacional Chinesa apresentou ao público de uma feira tecnológica local o AnBot - um policial mecânico capaz de eletrocutar criminosos.

O Robocop chinês é bem menos atlético do que a versão Hollywoodiana. A criação não impõe muito medo. Se trata de um corpo oval, de base plana, com só 1,49m de altura, 80 cm de largura e pesando 78kg. Lembra bastante os Daleks, vilões da série Doctor Who.

Porém, quem subestimar as máquinas pode acabar se machucando. Os robôs conseguem atingir uma velocidade de até 18 km/h, e podem simplesmente atropelar um meliante fugitivo. Outra possibilidade é o já citado uso da energia elétrica no combate ao crime: o AnBot é equipado com tasers, armas não-letais que disparam pulsos elétricos. O robô não consegue atirar sozinho: o disparo tem de ser autorizado remotamente, por um policial humano.

O robô é equipado com, uma bateria que dura 8 horas de patrulha, sensores capazes de perceber mudanças de temperatura, fumaça, armas químicas e biológicas. Também faz parte de seu equipamento uma câmera 360º que filma em HD e uma tela touchscreen que, ao ser acionada por civis, chama a emergência. 

O governo chinês não fez nenhuma declaração oficial sobre a implantação dos AnBots em sua força policial. Mas, de acordo com o jornal People's Daily, a ideia é que o robô auxilie em operações anti-terrorismo.

O canal chinês New China TV produziu algumas imagens da máquina. Se você quiser ver o AnBot em movimento, pode assitir a matéria abaixo:

Comentários