ELISEU PARANAGUÁ NO CEPA


CEPA – Promove Palestra com Eliseu Paranaguá

O Risco da Poesia no Mundo Moderno




Nesta quarta-feira (31), das 18:00 às 20:00h, o CEPA, em sua sede localizada na Rua Solto Dalva, 98, Barbalho realizará o 3º Encontro do GEL – Grupo de Estudos Literários e GEL – Grupo de Estudos Filosóficos, dirigidos pro Luiz Menezes de Miranda e Elder Carlos Santos.

Nesse encontro a palestra será ministrada por Eliseu Moreira Paranaguá. Elizeu Moreira Paranaguá nasceu na cidade de Castro Alves, em 1963. Reside em Salvador desde 1981. Publicou os livros Poema Terra Castro Alves (1992), onde são cantados as ruas e becos de sua cidade, e O Fogo do Invisível (2006), trabalho que apresenta a profundidade da sua poética existencialista. Conheça mais sobre o palestrante acessando http://jivmcavaleirodefogo.blogspot.com.br  

Dentro da programação reservada para hoje, o CEPA- Circulo de Estudo Pensamento e Ação promoverá recital de poesia, oficina literária e coquetel no final. O coquetel ficará por conta dos participantes que contribuirão, com esse momento de descontração, levando uma garrafa de vinho, doce, salgado e refrigerante.

O CEPA foi fundado no dia 13 de junho de 1951,  iniciou suas atividades culturais e, 59 anos depois, continua sua missão de promover a cultura na Bahia. Entre suas ações, se destacam atividades filosóficas, teológicas, literárias, artísticas e de cunho educativo-cultural.


Acesse e conheça mais sobre o CEPA http://www.cepabrasilba.org.br/

FLICA - FEIRA INTERNACIONAL DE CACHOEIRA


Dentre os destaques:  A atriz Maria  Paula e escritora  Miriam de Sales





Acontece em Cachoeira- Bahia desde o dia 17 de outubro a 2ª Feira Literária Internacional de Cachoeira. A programação termina dia 21 de outubro. 

O evento está sendo realizado na Praça da Aclamação no claustro do Conjunto do Carmo no Centro de Cachoeira mesmo local onde ocorreu a FLICA ano passado.



As atrações estão por conta de vários autores como Maria Paula, Jaime Sodré, Capinam, Ana Paula Maia Ruy Espinheira Filho, Miriam de Sales (Diretora da Editora Pimenta Malagueta que dentre alguns livros que já foram publicados pela Editora estão Vida de Peão (José Claúdio adão), Sonho de Menina (Carla Elisio), Nas Asas da Gaivota (Lucymar soares), Maldita Cachaça (José Orlando) dentre outros. 
Como mediadores Adelice Souza, Jackson costa, Jorge Portugal, Rosel Soares.

Curadores Alan Lobo, Aurélio Schommer, Emmanuel Miranda, além FR várias mesas que ocorrerão durante toda a programação que você poderá conferir pelo site: www.flica.com.br

LEIS DE PROTEÇÃO A CRIANÇA


ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente
     






Olá criançada! Vocês sabiam que existe um conjunto de leis que foram criadas especialmente para proteger vocês? Não sabiam? Então chegou a hora de vocês terem o conhecimento das leis que dão proteção a todas as crianças e aos adolescentes também. Mas, primeiro vamos saber quem é criança e quem é adolescente. Bom, criança são as pessoas de 0 a 12 anos incompletos e adolescentes são as pessoas de 12 a 18 anos incompletos, acima de 18 são os adultos.





Vou apresentar a vocês o livro onde estão todas as leis que lhes dão proteção. Ele tem um nome engraçado, costuma-se chamá-lo de ECA. É porque ECA significa Estatuo da Criança e do Adolescente. Ele foi criado em 13 de julho de 1990 pelo Governo Federal brasileiro - Lei nº 8.069. Esse ano o ECA completou 19 anos. Ele não é mais uma criança e nem um adolescente, agora o ECA já é um adulto. Lembrem-se que acima de 18 anos é adulto.






Quando o bebê ainda está na barriga da mamãe, ele já tem direito. É isso mesmo! Toda criança merece todo o carinho e proteção necessárias, afinal vocês são criaturinhas indefesas.

Foi preciso que criassem o ECA para que os adultos malvados sejam punidos se maltratarem vocês.

Vocês devem estar curiosos para saber mais sobre o ECA não é mesmo? Pois é, como são muitas leis eu vou deixar um link:



onde vocês irão clicar e conhecer mais o ECA contado pela turma da Mônica.

DENUNCIE



O importante agora é que vocês já sabem que tem os direitos garantidos por lei. Sempre que alguém fizer alguma coisa com vocês que vocês perceberem que estão sendo maltratados, abusados, violentados, negligenciados, já sabem que podem procura qualquer órgão que seja responsável pela aplicação dessas leis para fazer com que seus direitos sejam respeitados.
Vocês podem procurar o Conselho Tutelar, a 1ª Vara da Infância e Juventude e o Ministério Público da sua cidade.


Clique aqui e veja alguns contatos onde vocês podem fazer as denuncias:

Ou liguem para o número 100.

É ISSO AI CRIANÇADA!
CONHEÇAM OS SEUS DIREITOS
E FIQUEM LIGADOS!