CASAL DE TRANSGÊNEROS DÁ À LUZ UM FILHO EM PORTO ALEGRE

Helena e Anderson com o pequeno GregórioFoto: Félix Zucco / Agencia RBS

A mãe, que nasceu Andressa, teve o bebê na terça-feira, no Hospital Fêmina

Helena Freitas, 26 anos, e Anderson Cunha, 21, se conheceram durante uma festa no inverno de 2013. Entre sorrisos e olhares, o jovem tomou a iniciativa e resolveu pagar uma bebida para a morena vaidosa de cabelos longos. Depois de uma madrugada de conversa, trocaram telefones. Após vários encontros, a relação, que no início parecia amizade, evoluiu.

Os dois começaram a namorar no Natal do mesmo ano. Em 2014, o casal resolveu morar junto. A estudante estava com o curso de Letras na Faculdade Porto-Alegrense (Fapa) trancado no terceiro semestre, e o rapaz era atendente em uma lanchonete. A rotina ia bem, até que um pequeno deslize mudou o destino dos jovens. Após muito nervosismo, suspeita e um teste de farmácia, veio a certeza:
Anderson estava grávido. 

 

Acontece que Anderson nasceu Andressa e, aos 15 anos, assumiu sua identidade masculina.

Helena, por sua vez, nasceu homem. Depois de ter diversas relações homossexuais e se travestir, assumiu a identidade transgênero, aos 19 anos.

– Eu sempre quis ter filho. Mas nunca imaginei que seria fruto de uma relação própria. Quando começamos a namorar, vi que essa possibilidade era viável – recorda Helena.

Veja matéria completa  e  assista ao vídeo:

Comentários