JOVEM COM SÍNDROME DE DOWN REALIZA SONHO DE SER MODELO APÓS PERDER 20 KG






A jovem conseguiu um contrato com uma marca feminina que tem como alvo mulheres de todas as formas, tamanhos e biotipos

Aos 18 anos, a australiana Madeline Stuart tinha sonhos parecidos ao de muitas garotas da sua idade. Ela queria ser modelo, ter uma carreira de sucesso, conseguir um namorado e ser feliz. Mas a bela menina enfrenta um grave problema que muitas outras jovens não lidam: o preconceito.

Madeline tem Síndrome de Down e teve muita dificuldade para realizar o primeiro dos desejos, o de se tornar uma modelo. Recentemente, a jovem conseguiu um contrato com uma marca feminina que tem como alvo mulheres de todas as formas, tamanhos e biotipos.
"Pessoas com síndrome de Down podem fazer o que quiserem, só fazê-lo em seu próprio ritmo. Dê uma chance a eles que a recompensa será maior do que suas expectativas", afirmou Rosanne, mãe de Madeline, em entrevista ao site BoredPanda. 

Antes de realizar o sonho de modelar, Madeline enfrentou muito preconceito e teve que vencer o desafio de emagrecer 20 kg. "Quero que parem de dizer "sinto muito" quando digo que minha filha tem síndrome de Down, porque é uma afirmação ingênua", ressaltou Rosanne. Madeline faz trabalhos como modelo e tem um site onde mostra seus projetos mais recentes.





Comentários