SAMBATUDO NA VARANDA DO SESI








com Jonga Lima e Tito Bahiense – 17.09.2016

A Varanda do Sesi, no Rio Vermelho, recebe os artistas Jonga Lima e Tito Bahiense com o projeto Sambatudo, no sábado, dia 17.09, à partir das 22h. O Couvert Artístico custa R$20,00. 

Sambatudo é o novo projeto musical que promove o reencontro dos cantores e compositores Tito Bahiense e Jonga Lima. No show os artistas interpretam sambas autorais compostos em parceria, como a canção “Sambatudo” criada especialmente para o show; canções de seus discos autorais, além de versões de clássicos da música brasileira, com destaque para “Do Jeito Que Seu Nego Gosta” (Lazzo Matumbi), “Fora da Ordem” (Caetano Veloso) e “Só se Vê na Bahia” (Roberto Mendes).
A formação musical é composta por: Tito Bahiense (voz e guitarra), Jonga Lima (voz, violão e escaleta), Andre Luba (baixo), Ricardo Marques (guitarra baiana), Mario Pan e Vinícius (percussão).

Tito Bahiense – O cantor e compositor Tito Bahiense gravou com o poeta Manuca Almeida, o CD BopSamba, que traz um misto de melancolia, swing, improviso, jazz, samba. São 13 faixas ao todo que compõem o disco. A canção “Logus Pé” do disco foi gravada em 2005 por Gal Costa. Na estrada desde o início dos anos 1990, Tito acumula relevantes experiências com música e também com o teatro. Como intérprete de João Gilberto, já conquistou um prêmio nacional. Em 2015 ganhou o Prêmio Caymmi em Salvador como melhor intérprete, em seu show “Bopsamba”. Atualmente, ele concilia a carreira solo com os trabalhos da Banda do Bem que acompanha a cantora Ivete Sangalo.

Jonga Lima - Músico, compositor, estudante de Letras e radialista, Jonga produz e apresenta desde o início de 2010, todos os domingos, às 9h, o programa de rádio Brasil Pandeiro, pela Educadora FM-107.5, num mergulho no universo do samba brasileiro. Lançou em 2015 dois novos discos. Um CD Coletânea com suas principais canções já gravadas, produzidas ao longo de 25 anos de carreira. E um disco com o parceiro argentino Sebastian Paz (Batty), intitulado “Caminos, llaves y puertas”, com 11 canções autorais em clima estético e musical latino-americano, registrado em vídeos no Youtube, em sua página. Fez o show da Virada de ano 2015/2016, no Vale do Capão, na Chapada Diamantina, para mais de 3.000 pessoas. Em 2015 assinou a direção musical do espetáculo circense "Gregório de Matos no Circo Picolino", que homenageou o poeta baiano Gregório de Matos, sob a direção geral de Anselmo Serrat. Participou em agosto de 2016 da Homenagem à Zélia Gattai na Casa do Rio Vermelho.

A Varanda do Sesi Rio Vermelho foi criada com a proposta de estimular as produções artísticas locais e incentivar novos talentos. Com 17 anos de existência, é hoje um pólo divulgador de novos talentos e da cultura baiana, com uma atuação marcada por pioneirismo, inovação e apoio aos grupos artísticos locais, contribuindo para o fortalecimento e a consolidação do teatro na Bahia.

Crédito das fotos - Jonga (Alberto Lyra) / Tito (Maira Lins) /Jonga e Tito (Monica Jurberg)
Assessoria de Imprensa - Doris Pinheiro – 71 98896-5016




Comentários