COMEÇA SEXTA FESTIVAL DE RUA NA BARRA !



O 11º Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia será realizado de 13 a 22 de março na Barra (Salvador) e nas cidades de Nazaré,  São Francisco do Conde e Madre de Deus

11 edições, 106 grupos de artistas se apresentando, nacionais e internacionaisde 36 países, dos cinco continentes;9.856 shows realizados, mais de 300 mil expectadores em dez cidades da Bahia; o evento artístico calendarizado mais antigo e perene; Salvador recebe, mais uma vez, o Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia, que durante os dias 13, 14 e 15 de março, em plena Orla do Farol da Barra, realiza ao ar livre, sem palcos e sem barreiras, espetáculos com alguns dos melhores artistas de rua do planeta. Logo em seguida o Festival segue para a cidade de Nazaré, onde faz as apresentações no dias 17 e 18,  para São Francisco do Conde, com espetáculos na rua nos dias 20 e 21 de março e para Madre de Deus, no dia 22. Em 2015 são 19 atrações artísticas da África, Ásia, Europa e Américas, que chegam à Bahia para mostrar a riqueza das artes de rua. Shows de música, acrobacia, teatro, dança, comédia e artes plásticas, sob a direção artística de Bernard M. Snyder, o “homem-banda”, e direção geral e produção de Selma Santos. 

E o Festival de Rua conquista, a cada ano, novas praças. Desde 2002  já foi realizado em dez localidades diferentes de Salvador e sete cidades do interior do estado. Em Salvador, já foram palco para o Festival o Aeroclube (três anos), Praça da Sé (dois anos), Campo Grande (dois anos), Farol da Barra (dois anos), Parque da Cidade, Comércio, Liberdade, Ponta do Humaitá (três anos), Praça Municipal e Ribeira (três anos).No interior do estado os artistas do Festival já se apresentaram em Santo Amaro (dois anos), Juazeiro (dois anos), Sobradinho (três anos), Paulo Afonso (quatro anos), Maragojipe, Conceição do Almeida e Santo Antônio de Jesus. Todas as apresentações acontecem em praças públicas, sem cobrança de ingresso e são indicadas para espectadores de todas as idades. O Festival Internacional de Artistas de Rua recebe apoio do financeiro do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e apoio logístico das prefeituras de Nazaré e São Francisco do Conde.

Site: www.festivalderua.com
Assessoria de Imprensa: Doris Pinheiro: 8896-5016, dp.assessoriacomunicacao@gmail.com.
Direção:
Selma Santos: 71 3261-2179, 9112-8205, info@festivalderua.com
Bernard M. Snyder: info@festivalderua.com71 9200-2406




CONFIRA A LISTA DOS ARTISTAS:

Banda Barlavento - Brasil/BA - Música/Samba de Raiz


Dias 13, 15 (Salvador), 17,18 (Nazaré) 20,21 (São Francisco do Conde) e 22/03 (Madre de Deus)
A expressão maior do Barlavento é o seu samba-de-roda característico, mostrando a forte e vibrante música de raiz que predomina no Recôncavo baiano. O grupo toca e compõe um samba animado. As letras genuínas tratam da alegria de uma roda de samba, de comidas típicas da região ou descrevem cenários à beira mar que contam histórias do cotidiano em uma vila de pescadores. 
Duo Masawa – Argentina/Itália – Dança e Acrobacia


Todos os dias 
“Involucion” é uma performance que mostra, através de dança e acrobacia, a dependência da tecnologia do ser humano moderno, até que ponto esquecemos das nossas origens primitivas... o encontro entre duas pessoas, quando nada, pode interromper a magia do momento. 


Flavia Gaudencio - Brasil/BA - Contação de História


Dias 13,14 e 15 (Salvador) e 22/03 (Madre de Deus)
Os transeuntes podem escolher uma das cinco histórias oferecidas no cardápio. A partir disso, de maneira cênica, a atriz se transforma em personagens que trazem à tona questões relacionadas à memória e ao universo feminino das feirantes.

Homem Banda - Bernard M. Snyder - Alemanha - Música


Todos os dias 
Bernard M. Snyder começou tocar nos palcos baianos em 1998. Logo depois ele juntou forças com a atriz e produtora Selma Santos na criação do Festival de Rua, que agora está na sua 11a edição. Conhecido como Homem Banda, Bernard toca bateria, violão e gaita ao mesmo tempo e canta também. 

Hosoo - Mongólia – Música e Canto Höömii


Todos os dias 
O höömii é um canto tom lírico e poderoso, que exige que o cantor gere duas notas de cada vez. As canções falam da natureza, do vento, das montanhas, dos rios, e dos animais, como cavalos e camelos. Hosoo é filho de uma família de cantores tradicionais da Mongólia e hoje em dia é o representante mais conhecido deste tipo de música no mundo. 

Jonga Lima - Brasil/BA - Música


Dia 14/03 
Jonga Lima nasceu em Salvador, é músico, cantor e compositor. Em 2005 montou com Helson Hart a banda Sambatrônica, com três discos já lançados, incluindo parcerias com artistas de fama nacional. No Festival de Rua Jonga se apresenta em formação de trio.

Monique Leal - Brasil/BA - Show de Fogo


Monique Leal - Brasil/BA - Show de Fogo
Todos os dias 
A artista Monique Leal fará intervenção uma pirofórica, que mistura dança tribal, equilibrismo e acrobacia. Monique é uma artista ecológica que utiliza na confecção dos seus adereços materiais reciclados que vão desde metal até brinquedos de criança - criatividade e astucia não faltam a essa princesa guerreira.

Ola Muchin – Polônia – Bonecos de Feltro


Todos os dias 
A atmosfera desta performance é criada pelos bonecos de feltro feitos à mão da manipuladora e atriz OlaMuchin. No espetáculo, o famoso ilusionista Osvaldo Drevno surpreende a plateia com os seus truques, criando momentos mágicos e cômicos.

O Palhaço e a Bailarina - Brasil/BA – Clown e Dança


Dias 14 e 15 (Salvador) e 22/03 (Madre de Deus)
O espetáculo “O Palhaço e a Bailarina” traz para a cena números cômicos inspirados na tradição do circo brasileiro e novos, como Lavadeiras da Seleção, Palhaço sem Querer e Chapéu Vermelho de Dança Tribal. Com muita improvisação, interação, riso, circo, dança e música, o espetáculo leva a alegria espontânea da palhaçaria e da dança para as praças da cidade. 

Orquestra de Berimbaus Afinados Dainho Xequeré (OBADX) - Brasil/BA - Música


Dia 15 (Salvador )e 22/03 (Madre de Deus )
O berimbau é o instrumento mais típico da Bahia. DainhoXequeré começou a sua pesquisa e seu trabalho com berimbaus afinados junto com o grande percussionista Ramiro Musotto (1963-2009) que participou do Festival de Rua em 2007. A orquestra apresenta músicas tradicionais, adaptações de músicas populares e composições próprias. 

Pauline Zoe - Bélgica – Roda Cyr


Todos os dias 
Devido a sua paixão pelo circo e suas numerosas viagens a festivais internacionais de arte de rua, Pauline se especializou na performance com a roda cyr. Criada na Bélgica e atualmente morando em Barcelona, Espanha, Pauline Zoe estudou artes cênicas na UFMG, em Belo Horizonte.

Samuelito – Suíça – Mímica Cômica


Dias 13, 14 e 15 (Salvador) e 17 e 18/03(Nazaré) 
Samuelito transforma a rua em um teatro. Improvisando sketches cômicos com a plateia, os passantes viram atores. Samuelito reinventa a sua performance constantemente, e fazendo isso ele sempre surpreende o público - e a si mesmo também. 

SSA - Som Soteropolitano Ambulante - Brasil/BA – Música


SSA - Som Soteropolitano Ambulante - Brasil/BA – Música 
Dias 13,14 e 15/03 (Salvador) 
A apresentação é feita com a execução de instrumentos de sopro e percussão com músicas inusitadas e conhecidas do grande público. Os músicos interagem com os espectadores antes, durante e depois da apresentação através da performance de dança e comunicação verbal. 

Tanga Elektra - Alemanha - Música/New Soul


Todos os dias 
David Engler canta e toca violino com loop station, Elias Engler o acompanha numa bateria improvisada que tem como “bumbo” uma caixa de violão. Apresentando músicas do estilo New Soul, estes dois irmãos de Berlim sempre fazem sucesso aonde eles vão!

Tommy Twimble – EUA – Mímica


Todos os dias 
Tommy Twimble é a excêntrica personagem criada por Thomas Schroyer, ator, mímico e mágico de Oregon, nos Estados Unidos. A charmosa performance deste ator simpático inclui elementos de manipulação de objetos, ilusionismo, e até música criada por ele mesmo.

Tova Snyder – EUA - Artes Plásticas


Todos os dias 
Com a ajuda de grandes e sobretudo pequenos,Tova cria ao vivo cenas do festival sobre placas de madeira colocadas no chão. As obras incluem imagens dos artistas participantes do evento e das cidades onde o festival acontece. Toda criança é artista, e pode participar!

Um e Outro - Brasil/BA e RJ – Teatro de Rua  


Dias 13 e 14 (Salvador) e 22 / 03 (Madre de Deus)
Como reconhecer o outro em meio à multidão? Como falar de amor em um ambiente tão concreto como a rua? Com a ideia de atender estes questionamentos, nasce a intervenção urbana “Um e Outro”, criada por Duda Woyda e Luiza Bocca, sob direção de Thiago Romero. 

Um Gimmick – Diogo Alvares - Brasil / SC - Ilusionismo


Todos os dias 
Diogo Alvares oferece um show de truques mágicos interativos onde levará o público a uma atmosfera agradável e inovadora. A capacidade incrível deste ilusionista costuma impressionar a grandes e pequenos no mundo inteiro.

Will Sahel - Chade/África – Música


Will Sahel - Chade/África – Música
Todos os dias 
Willy Sahel começou sua carreira cantando e tocando gospel, mas domina vários estilos musicais. Ele só tem 24 anos, mas já trabalhou em quase toda África Ocidental. Em 2013 Willy se mudou para a Europa onde está sendo conhecido como cantor, compositor, produtor e multi-instrumentista. 
  

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL INTERNACIONAL DE ARTISTAS DE RUA 2015
Sexta-feira – 13.03 – a partir das 19h – Salvador / Barra – Farol da Barra, Avenida Oceânica
Sábado – 14.03 – a partir das 19h – Salvador / Barra – Farol da Barra, Avenida Oceânica 
Domingo – 15.03 – a partir das 17h – Salvador / Barra – Farol da Barra, Avenida Oceânica 
Terça-feira – 17.03 – a partir das 19h – Nazaré – Largo Maria Fumaça 
Segunda-feira – 18.03 – a partir das 19h – Nazaré – Largo Maria Fumaça 
Sexta-feira – 20.03 – a partir das 19h – São Francisco do Conde – Orla
Sábado – 21.03 – a partir das 19h – São Francisco do Conde – Orla

Domingo – 22.03 – a partir das 17h – Madre de Deus – onde ?





Comentários