LANÇAMENTO DO LIVRO O GRANDE BANQUETE - VIAGENS À NOSSA VOLTA – I PARTE


O Escritor português Ricardo Ferreira lançou sexta (20) o seu segundo livro O GRANDE BANQUETE VIAGEM À NOSSA VOLTA em grande estilo na Livraria Cultura do Salvador Shopping no teatro Eva Herz.

Todos se reuniram a volta do GRANDE BANQUETE deliciando-se de uma apresentação preciosa que levou à plateia a música, o teatro, poesia, declamações envolvendo todos em um clima rico de cultura e boas energias.

Com capa: Bel Borba Borba Perfil II. Prefácio: Prof. Edivado Boaventura. Editor: Prof. José Carlos Sant' Anna (Quarteto Editora). Magna Convivium: Amadeu Alves e Marcos Machado, (homenageando a lusofonia e interpretando, Carlos Drumond de Andrade e Fernando Pessoa). Apresentação: Celeste Farias. Assessoria de imprensa: Eduardo Scott. 

Colaboração: Luzia Moraes, Fabio Peixoto, Cymar Gaivota Lucymar Soares,Hugo Araújo e Delza Schaun. Apoio: Livraria Cultura e PizzariaSertaonalenhapizzaria Sertaonalenha José Carlos e Vilma Weber Amorim Weber. Realização: Instituto Raiz, com Coordenação Geral da sempre querida Lidia Portugal.  Enfim, muita gente sentada à mesa deste degustaram esse evento que marcou a noite de Salvador.

Como digo, o Grande Banquete será sempre de todos, que o souberem desfrutar com paixão e amizade pura, assim agradece o escritor  a todos que se reuniram em torno de O GRANDE BANQUETE.


Sinopse:
O trajeto de Ricardo Ferreira começa em Angola, na província de Benguela, com seu nascimento, consolida-se em Portugal e chega ao Brasil, mais precisamente na Bahia. Unindo tudo com o fio condutor da lusofonia, o autor absorve como sujeito, as três experiências nacionais e se habilita a ser um elo entre esses três países irmãos e de mesma língua materna. Com o passar do tempo, como escritor, resolve expressar os seus sentimentos e registrar as experiências vividas nos continentes. Assim, deu-se o seu primeiro escrito, O Grande Banquete: a transformação e o templo, no qual a leitura desliza por uma narrativa espontânea, para em seguida, no segundo livro, O Grande Banquete: viagens à nossa volta, o autor, mais amadurecido em sua escrita e pensamento, desenvolver tramas do passado e do presente e colocar o leitor em uma narrativa que aponta uma viagem sedutora pelas culturas de Angola, Portugal e Brasil, países que o ajudaram na consciência cidadã, deixando-o também às voltas com as questões da lusofonia, que permeiam a vida do personagem, João Antônio e do autor, Ricardo Ferreira.







O BLOG DA GAIVOTA registrou muitos desses momentos: 






































 















Comentários