ALUNO DA ESCOLA MÁRIO COVAS É CONTEMPLADO NO III CONCURSO DE ESCRITORES ESCOLARES DA FPC





Premiação será realizada neste domingo, dia 18 de dezembro, às 16h, no foyer do Teatro Castro Alves, no Campo Grande, em Salvador.

O estudante Luiz Cleber da Silva Pio Ribeiro, 11 anos, do 5º ano da Escola Municipal Governador Mário Covas, que fica na Itinga, em Lauro de Freitas foi contemplado com o 2º lugar, com a poesia “Viver”, no III Concurso de Escritores Escolares de Poesia e de Redação 2016, da Fundação Pedro Calmon/SecultBA e receberá uma câmera fotográfica e um kit contendo 100 livros.  A inscrição no certame foi realizada pelo professor Carlos Souza, que após fazer uma atividade especialmente para esta finalidade, selecionou 12 textos, entre poesia e redação, com potencial para concorrer ao prêmio, entregou aos alunos a declaração de autorização dos responsáveis que deveria ser assinada e devolvida ao professor, para que assim pudesse realizar a inscrição. 

Além de Luiz Cleber, mais sete alunos trouxeram a declaração de autorização assinada e tiveram suas inscrições efetuadas pelo educador. Concorreram com poesia Raissa de Jesus Souza e Wilton Macena Fontes e com redação Érika Vanessa Bezerra Isidório, Kaic dos Santos Praxedes, Romeu Barreto de Araújo, Ryan Pereira dos Anjos Silva e Sara Souza de Castro. Embora estes alunos não tenham alcançado os primeiros lugares, mesmo assim todos foram pontuados e seus nomes podem ser vistos logos após a relação dos educandos classificados. O resultado do concurso pode ser conferido no link: http://www.fpc.ba.gov.br/2016/11/534/Saiu-a-lista-de-aprovados-do-III-Concurso-de-Escritores-Escolares.html

Em 2015 o professor Carlos trabalhou poesia com esta turma que participou do concurso e este ano o gênero poesia e crônica foi trabalhado pela professora Ana Paula de Brito. “Resolvi fazer as inscrições dos alunos porque acreditava que eles teriam potencial para ganhar esse concurso. Eu tinha quase certeza de que pelo menos um deles seria contemplado e graças a Deus foi o que aconteceu”, disse o professor, que atribuiu esta conquista ao próprio aluno e ao trabalho que é desenvolvido por toda equipe da Mário Covas, que é comprometida com a formação e desenvolvimento dos estudantes.
Feliz com o resultado a senhora Maria de Fátima da Silva, mãe de Luiz Cleber, ficou muito emocionada e falou da gratidão pela escola proporcionar ao seu filho a oportunidade de mostrar como a educação é transformadora. “Achei maravilhoso meu filho ganhar esse concurso, pois acredito que será importante para ele se interessar mais pelos estudos e pela escola”. 

Ao saber que havia ganhado o prêmio, Luiz Cleber ficou surpreso e emocionado, porque pensava que seu nome nem iria aparecer na lista dos pontuados, mas quando soube que era um dos ganhadores ficou muito feliz com a premiação, porque vai utilizar a câmera fotográfica fazer fotos e aproveitar os livros para os seus momentos de lazer, além de fazer doação de alguns exemplares para outras crianças. Também agradeceu pelo incentivo da escola em fazer sua inscrição. “Com esse prêmio posso perceber que a educação pode mudar minha vida. Eu só tenha a agradecer a escola e aos professores pela oportunidade que eles me deram”.  

Para a coordenadora Andréia Bispo esta ideia de fazer dos alunos, escritores é uma excelente iniciativa. “Fico bastante emocionada de ver esses resultados, pois sei do grande empenho e esforço do professor, eu também acredito no potencial desses meninos e meninas, apesar da grande adversidade que vivem”. 
A diretora da Mario Covas, Fábia Gonzaga  considera o prêmio de muita importância, não só por proporcionar grande satisfação pessoal aos profissionais envolvidos, mas também por despertar a atenção de toda a comunidade escolar. “Na verdade, este prêmio significa esperança e estímulo para todos os nossos alunos, mostrando que todos são capazes só basta acreditar”.

O concurso - O III Concurso de Escritores Escolares é coordenado pela Diretoria do Livro e Leitura da Fundação Pedro Calmon/SecultBA. Foram 520 textos lidos e avaliados pela Comissão Julgadora, que selecionou Redações e Poesias, distribuídas entre Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Este ano, o Concurso teve mais de 580 inscrições, com grande participação de municípios do interior do estado.
Dentre os estudantes que serão premiados no próximo dia 18 de dezembro (domingo), no foyer do Teatro Castro Alves, no Campo Grande, em Salvador, mais da metade são oriundos de municípios como Lauro de Freitas, Camacã, Lapão, Candeias, Andaraí, Itaberaba, Santa Rita de Cássia, Maracás, Formosa Rio Preto, Feira de Santana, Ipiaú e Serrinha, além de Salvador.

Premiação – Os três primeiros lugares dos três níveis - Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio - serão premiados na categoria de Redação e Poesia. Ambos classificados em primeiro lugar receberão uma bicicleta e um kit com 100 livros; em segundo lugar, uma câmera fotográfica e um kit com 100 livros; e em terceiro lugar, um kit com 100 livros. Também haverá Menção Honrosa nas duas categorias e em cada nível escolar, onde os citados receberão um kit contendo 50 livros.


Comentários

  1. Obrigado cymar por te-la conhecido.foi uma honra .a noite foi linda ! Deus lhe abencoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei! Adoro ter no mundo real as pessoas bacanas que tenho no mundo virtual. Você é ótima! Espero ter mais momentos na cultura para participarmos. Bjs!

      Excluir

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".