THAIZ GUEDES - A FORÇA DA MULHER




Desde criança ouvimos que a mulher (Eva) foi criada da costela de Adão, ou seja, a mulher por ter sido criada por uma parte do homem significava que ela não teria tanto valor, pois teria que ser submissa ao homem pelo resto da vida e que consequentemente mesmo com o passar dos anos; ainda nos deparamos com essa cultura que denominamos o chamado “machismo”.

Mas, se naquela época tivéssemos olhado essa lenda de uma forma mais coerente, notaríamos que a costela na estrutura óssea do esqueleto humano tem como principal função proteger os principais órgãos internos, na qual o homem deveria ter mais respeito pela mulher, afinal ela como costela, seria fundamental para mantê-lo vivo nas batalhas da vida. Portanto, um depende do outro para sua sobrevivência, seja como órgãos internos ou como costelas, pois cada um tem papeis diferentes a cumprir e que acima de tudo precisam ser respeitados com bom senso e coerência.

No entanto como a cultura machista está enraizada tanto nos homens e em algumas mulheres, pois essas ainda não descobriram a força que tem, estamos numa guerra dos sexos sem limites, sem moral e sem ética, por que o respeito que deveria ser mutuo está dando lugar a crimes e violências.

A mulher que durante muitos anos foram consideradas como “sexo frágil”, hoje algumas já sabem que na verdade elas sempre foram o “sexo forte”, lembra da costela (proteção), sempre foi o seu papel proteger o lar, os filhos, o homem, a família, desde as histórias antigas em que os homens saiam em batalhas e elas ficavam sozinhas para prover a casa e se defenderem de invasores. Porém, esses valores nunca foram reconhecidos como a mulher merece, os tratamentos oferecidos sempre foram com escárnios e submissão, por isso a mulher de hoje procura dentro de si e na sociedade o valor perdido e o valor a ser encontrado. 


Thaiz Guedes Pereira, conhecida nas redes sócias como Thaiz Smile, natural de Salvador – Ba. Escritora e poetisa. Participei em algumas publicações de textos e poesias, como na Antologia do Livro “Carta ao Presidente – Brasileiros em busca de cidadania” e “Poesia sem Fronteiras”, “Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus -2013”, “Cogito Antologia Poética – 2013”, além de participar com poesias em algumas revistas eletrônicas como Portal BVEC, Portal CEN (Lisboa) , “Simões Filho em Foco” e “Blog da Gaivota”, assim como tenho um blog http://atitude-smile.blogspot.com.br/ onde exponho minhas poesias e textos. 

KÁTIA BORGES LANÇA “O EXERCÍCIO DA DISTRAÇÃO” NO RIO VERMELHO



Com que você costuma se distrair da morte? Alguns apostam no álcool. Outros torram milhões com carros, viagens de luxo, motos velozes, experiências metafísicas na Índia. Há quem prefira o ócio criativo, a sublimação pelo vício ou simplesmente gastar o tempo diante de aparelhos diversos – rádio, TV, celulares, computadores de último tipo. É em torno da dispersão que nos envolve e nos faz seguir adiante, a despeito da certeza da finitude, que giram os poemas do novo livro de Kátia Borges. Editado pela Penalux, O exercício da distração é o sexto trabalho desta poeta e jornalista baiana, e reúne versos escritos ao longo de 2015 e 2016.

O lançamento será no dia 29 de março (quarta-feira), a partir das 19h, na Tropos Co., Rua Ilhéus, 214, Rio Vermelho - Salvador. Dividido em três capítulos – como se fosse o órgão vivo, fugas extraordinárias e as pequenas vilanias da cidade –, os poemas convidam a uma reflexão sobre a beleza e a dor, extremos que se tocam sempre que prestamos atenção na vida.



A autora - Kátia Borges é escritora e jornalista. Mestre e doutoranda em literatura e cultura pela UFBA. Tem publicado os livros "De volta à caixa de abelhas" (2002, Selo As Letras da Bahia), "Uma Balada para Janis" (2010, Edições P55), "Ticket Zen" (2011, Escrituras), "São Selvagem" (P55, 2014) e "Escorpião Amarelo" (2012, Edições P55). Seus poemas foram publicados nas coletâneas, "Sete Cantares de Amigos", "Concerto Lírico para 15 vozes", "Roteiro da Poesia Brasileira - Anos 2000", "Traversée d'Océans – Voix poétiques de Bretagne et de Bahia", edição bilíngue organizada por Dominique Stoenesco, "Autores Baianos Um Panorama"(2013, Secult/P55), edição trilíngue lançada durante a Feira do Livro de Frankfurt, e na Mini-Anthology of Brazilian Poetry (Placitas: Malpais Review, 2013). 




LANÇAMENTO NO GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA - O ABRAÇO DA ESPERANÇA - AUDELINA MACIEIRA

Clique na foto para ampliá-la





Aconteceu ontem (24.03) o lançamento do livro “O abraço da Esperança’ da poetisa Audelina Macieira”.

O Blog da Gaivota apresentou ao publico convidado o mais novo livro da professora, escritora e poeta, Audelina Macieiram, 'O Abraço da Esperança".

O evento aconteceu na noite do dia 24.03, na Biblioteca do Gabinete Português de Leitura de Salvador que fica localizado na Praça da Piedade.

Foi com muita honra que, o blogdagaivota.com fez a assessoria desse lançamento que foi um sucesso com um público amante das letras marcando presença e fazendo a festa acontecer com muita poesia e música.

A intervenção musical ficou por conta de Cyda Lyma Lyma e a atriz Valdiceia Mendonça interpretará poesias da autora. 
Na oportunidade o microfone foi aberto para que demais poetas transpirassem versos e textos de profunda beleza.

 “O Abraço da Esperança” traduz o que Audelina preparou com todo carinho para os apreciadores da poesia contemporânea; o leitor se sentirá abraçado pelos versos, que produzirão, em cada um, poções mágicas de fé, esperança e amor. 



Audelina de Jesus Macieira nasceu em Cachoeira, na Bahia. É pedagoga especialista em Neuropedagogia e Psicanálise. 

Audelina é autora do livro “Coração Amargo em Flor” e de diversos textos que publicou em: Movimento Artpoesia, Cepa Cultural, Informativo Cultural, revista Banzeiro, revista Òmnira, Varal do Brasil e revista Pensem Mais. 


A escritora é membro da UBESC (União Baiana de Escritores) e da Capazz (Confraria de Poetas e Artistas pela Paz no Mundo) recebeu, em 2015, pela Edcom, no gênero Poesia, o prêmio Frederico García Lorca.   

Para saber mais sobre ela e seus trabalhos literários, confira o link: 









Cyda Lyma Lyma
Valdiceia mendonça ( atriz)










Edgar Velame/Marly Ramos

Vitória Régia




Audelina Macieira/Lucia Linhares ( escritora) 
Lindete/Jeová/Vitória Régia







Heloísa Prazeres/ Jamison Pedra




Audelina Macieira/Jeová Vieira

Aldira Maria paixão, Rita 


Clarissa Macieira/ Nadjara Damasceno/ Maria Luisa

Audelina Macieira, Clarice Macieira, Lindete Souza





Audelina Macieira, Valdineia Itaparica




Lucymar soares. Elder Santos, Sandra Stabile, Almir Queiroz



Josenita Santana/Janine Portugal/Claudia Vasconcelos/Simone Maria


Sandra  Stabile

Nelza dos Santos

Valdeck Almeida de Jesus 


Daniela Damasceno/Nadjara








Clarice Macieira 




Claudia Vasconcelos

Simone de Jesus







Carlos Yeshua/Valdiceia Mendonça







Foto: Carlos Yeshua/Lucymar Soares