CAMPANHA PARA O DESCARTE CORRETO DE MEDICAMENTOS



Ação acontece em 10 estabelecimentos localizados na capital baiana.
Proposta é instalar 50 coletores em dois meses de campanha.




Farmácias de Salvador lançaram na quarta-feira (19) uma campanha para o descarte correto de medicamentos farmacêuticos. Na ação, 10 farmácias da capital disponibilizam um coletor para receber os remédios, que posteriormente são encaminhados para o descarte sem prejudicar o meio ambiente. A ideia da campanha é, em dois meses, instalar o coletor correto em 50 locais na capital.

“Essa coleta vai para um descarte correto. Existe uma empresa especializada em fazer a coleta de materiais e fazer o tratamento de resíduos perigosos, o medicamento é um resíduo perigoso, onde ele vai fazer a incineração e posteriormente o descarte no aterro sanitário”, explica a farmacêutica Bárbara Correa.

Maria de Lurdes Alves guarda todo o remédio que compra e antes de fazer uso, confere o prazo de validade. Ela diz que, se estiver vencido ela coloca no lixo. “Geralmente a gente coloca no lixo, mas a gente coloca com um certo cuidado. Enrolamos em um jornal ou em um saco plástico”, diz.


Quando um medicamento vai para o lixo comum ou aterro sanitário ele contamina o solo e o lençol d’água. Se jogado diretamente no vaso sanitário ele vai prejudicar os rios. Um quilo de remédios contamina 450 mil litros de água.


Confira as farmácias que fazem parte dessa iniciativa:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".