MAM – MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA – NOVA DIREÇÃO




Marcelo Resende,  44 anos, é escritor, crítico e curador, com ampla experiência na área cultural, sobretudo no campo das artes visuais é o novo diretor do MAM.

Marcelo Rezende

O novo diretor dará continuidade aos projetos do museu dentro do perfil que a instituição consolidou nos últimos anos, reposicionando o MAM-BA no cenário nacional e internacional das artes contemporâneas.
  
Nascido em São Paulo, Rezende realizou diversos projetos curatoriais para instituições brasileiras e internacionais. Destacam-se a curadoria de À La Chinoise (Hong Kong, 2007), Comunismo da Forma (São Paulo, 2007; Toronto, 2009) e Ver o Tibet (Rio de Janeiro e Nova York, 2010). Criou o projeto editorial do Jornal 28b, uma das plataformas de conteúdo da 28ª Bienal de São Paulo – Em Vivo Contato (São Paulo, 2008).

Como editor da Revista Bravo, ampliou a cobertura da área de artes visuais para as produções artísticas contemporâneas fora do eixo Sul-Sudeste. De 2006 a 2011, atuou como editor de conteúdo do projeto editorial do Programa Cultura e Pensamento, do Ministério da Cultura, no qual tratou de temas relevantes da agenda contemporânea com diferentes setores da Cultura, inclusive da Bahia.

No Brasil, foi curador de O Cabaré, projeto da 2ª Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia – FIAC (Salvador, 2009), e Estado de Exceção – Venha Ver a Coréia (Ver Você), no Paço das Artes de São Paulo (2008).
Além de ser jornalista experiente em trabalhos editoriais ligados à arte contemporânea, com publicação de textos para Bienal do Mercosul e Videobrasil, o novo diretor do MAM-BA tem trajetória consolidada na grande imprensa brasileira. Foi diretor de redação da Revista Cult (2003/2005), correspondente internacional baseado em Paris da Gazeta Mercantil (1998/2002) e repórter para os suplementos Mais! e Ilustrada  da Folha de São Paulo (1993/1998 ).

Graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela PUC-SP (1986/1989) e Filosofia na Faculdade de Ciências Humanas da USP (1987/1993), Rezende passou por formações no Collège de France (2001/2002), em Paris. É o autor do romance Arno Schmidt (Planeta, 2005) e do ensaio Ciência do Sonho: A Imaginação Sem Fim do Diretor Michel Gondry (Alameda, 2005).   Assessoria de Comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".