SANBONE PAGODE ORQUESTRA - AMOSTRÃO VILA VERÃO


Idealizada pelo músico Hugo Sanbone, a Sanbone Pagode Orquestra apresenta o CONCERTO “SINFONIAS DE PAGODE” no Amostrão Vila Verão, no dia 06/01, domingo, às 19h, na Sala Principal. 
O grupo musical, surgido em Salvador, tem a proposta de unir elementos culturais locais, com traços da música erudita universal.

O trabalho da Sanbone Pagode Orquestra – cujo nome deriva das habilidades de Hugo Sanbone, seu idealizador e maestro, com os instrumentos sanfona e trombone – consiste em adaptar um dos gêneros musicais de maior sucesso na Bahia, o pagode e suas variações, à erudição de uma orquestra.
O fundamento da proposta é aproximar as características de fácil assimilação e consumo do pagode, de uma abordagem mais elaborada deste ritmo, resultando numa consequente democratização da música erudita, conservando o traço popular. Do ponto de vista estrutural, a lógica de divisão é a mesma da música clássica: primeiro movimento, segundo, terceiro... - “Com essa junção, sentimos que dá para popularizar a música erudita e torná-la um pouco mais acessível ao povo”, diz o maestro Hugo.
A Sanbone Pagode Orquestra é formada por vinte e cinco músicos, cujas performances seguem a vertente proposta de percorrer transversalmente o erudito e o popular, alcançando um resultado inusitado e que consegue tocar aos mais diversos públicos. Todas as composições e arranjos do repertório são de autoria do maestro Hugo.
Os músicos da Sanbone Pagode Orquestra – que tem naipes de trompete, trombone, saxofone, percussão e harmonia – já passaram, ou ainda fazem parte, de bandas de grande renome na música baiana, como Ivete Sangalo, Harmonia do Samba, Netinho, Jauperi, Timbalada, Neojibá, Cheiro de Amor, Araketu e outros, o que lhes confere vasta experiência com grandes públicos, e praticamente todos têm experiências internacionais em seu currículo.
06/01 | dom | 19h
R$ 30 e 15 | Sala Principal

Fonte: http://www.teatrovilavelha.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".