DE LUCYMAR SOARES - MULHER - ESPAÇO MARIA MOURA ( 07)

Cilene Tinaut 

Agradeço a Confraria da Boa Música na pessoa de Cilene Tinaut pela oportunidade que eu tive em apresentar, em meio a um evento com uma programação fechada, o texto Mulher de minha autoria. Sempre almejei essa realização, mas não que eu tivesse que criar uma situação para isso ocorrer, o desejo era que ao ler o texto alguém pudesse gostar e abrir um espaço em uma programação direcionada às mulheres, como foi essa realizada no Espaço Maria Moura - Boca do Rio - Salvador BA, organizado por Cilene onde a homenageada foi a cantora Márcia Short. 

cantora Márcia Short/Gaivota

Com a confirmação da aprovação do texto por Cilene em seu evento, corremos em busca de um patrocinador que, sem nem uma observação abraçou o projeto e nos presenteou com a arte de um livreto, a Tenta Criativa - http://www.tendacriativa.com.br/ ( André Marques)  empresa que se dedica a criação em designer gráfico em geral, não só criou o projeto como, também, assinou com sua logomarca o que, em se tratando de André Marques é preciso que a arte esteja, sem pretensão alguma, perfeita e não foi diferente. 

Na oportunidade expomos o texto MULHER no belíssimo evento no Espaço Maria Moura  que contou com a participação de vários artista baianos, dentre eles: Rita Soll, Alice de Sanayá, Cilene Tinaut, Banda Attemporais, Totte Varjão e outros, evento realizado  em homenagem ao DIA DA MULHER. 




Mulher

Tu, mulher,
Vieste com várias missões
Porque o mundo depende de tua força,
De tua sabedoria,
De tua ternura
E de teu equilíbrio.
Entre o amor
E a tecnologia
És formosa,
Protetora,
Inteligente,
Materna...
És polivalente
No amor,
Na maternidade,
Na profissão...
Na oração, em lágrimas,
Suplicas pelo teu lar,
Pela proteção do teu filho;
Nesse momento, és divina.
É admirável, tua maternidade.
És forte,
Protetora,
Tigresa valente,
Defensora.
Afagas o teu corpo,
Com carinho,
Que teu feto cresce
Na tranqüilidade
De um colo seguro.
Sabes expressar
O amor
Em teus gestos.
Em palavras,
E com sabedoria,
Tens edificado tua casa.
No encanto do teu sorriso,
Tens feito cativos,
Os teus,
E conquistado muitos.
Mulher,
Como mãe,
Deus não poderia ter feito
Ser tão completo como tu.
Na constelação universal
De seres imperfeitos,
Sobressais
Como um astro, a luzir
O sideral dos teus filhos.
Tua missão suplanta
As explicações deste dom.
No viver, as respostas se completam.
No raro sentimento amor,
És rainha
No reino dos corações
Que contemplam o teu sorriso.
Não te limites a ser esposa, doméstica:
Desenvolve tua capacidade
No mundo evolutivo e tecnológico.
Não foi fácil chegar até aqui:
Muitas vidas foram perdidas
Para que, hoje,
Tu possas exercer teus dons
E fazer a diferença no mundo.
Muitas sufocaram gemidos,
Mataram sonhos
E aprisionaram talentos,
Enquanto os homens cresciam.
Mas, tu vieste com tua missão
Na guerra pela igualdade.
Pelos direitos de ser viva,
Pensante,
Crítica,
Transformadora
e Criativa,
Lutaste
E alcançaste a igualdade,
Revelando-te uma
Profissional autêntica,
Capaz de ser,
Além de mãe,
Desbravadora de ideias,
Revolução na história da humanidade.
Com teu nome que era riscado das listas de
presenças,
Nos tempos remotos à criação do mundo,
Hoje assinas decisões
Nas mais diversas áreas:
Estás presente desde as decisões políticas
Às forças armadas.
Amamentas
Para alimentar ao mundo,
Ao passo que conquistaste o direito ao voto,
À opção sexual,
Ao ir e vir,
Sem que precisaste de cinto de castidade,
Algemas ou mordaças.
Mulher,
Tua missão não termina!
A humanidade, que continuará precisando
do teu útero,
Hoje também não pode mais ficar
Sem o teu raciocínio,
Teu cérebro,
Tua capacidade de governar,
Administrar.
A humanidade está descobrindo
Que tu, mulher,
És o equilíbrio do mundo!


Lucymar Soares (Cymar Gayvota)
Lucymar.soares@gmail.com














Veja aqui toda a programação 



Comentários