PREFEITURA DE NOVA VIÇOSA DESAPROPRIA ÁREA PRESERVADA COM NASCENTE DE RIO E TRANSFORMA EM LIXÃO




Uma área, que pertencia a uma empresa de eucalipto, situada na BR 418, sentido a Nanuque / MG, em Posto da Mata, foi desapropriada pela prefeitura de Nova Viçosa e transformada em lixão.

De acordo com moradores, a área, preservada há mais de 20 anos, e que mantém a nascente que alimenta o rio Pau Alto, foi transformada em um aterro sanitário, e os resíduos do lixo, está correndo para a nascente e desaguando no rio.

Aberto no local, o lixão já atrai muitos catadores que tentam encontrar no meio do lixo alguma forma de subsistência, urubus também são presença constante no local.
Moradores denunciam ainda que o antigo aterro sanitário, funcionava em uma área da fazenda do então deputado Carlos Robson, o “Robinho”, e agora, há cerca de 20 dias está funcionando na área preservada.

” É um absurdo, em tempos de escassez de água, termos uma nascente tão importante sendo contaminada. A empresa que era proprietária da área, sequer foi comunicada da desapropriação. Estão matando a nascente. Os resíduos deste lixo já está contaminando a água. Ao invés de cuidar do nosso patrimônio essencial que é a água, estão destruindo uma área preservada em benefício próprios. Isso é crime ambiental” Declarou um morador.

De acordo ainda com informações, a empresa proprietária da área acionou a justiça pedindo explicações da prefeitura de Nova Viçosa pela circunstâncias da desapropriação.
Até o fechamento da matéria, nossa equipe não conseguiu falar com nenhum responsável da empresa para que pudesse se pronunciar. Nossa equipe segue acompanhando o caso.





Comentários