CORPO CONSERVADO DE CRIANÇA QUE MORREU HÁ 145 ANOS É ENCONTRADO


Reformas costumam dar uma baita dor de cabeça, todos nós sabemos. Imagine então a reação de uma família que descobriu ter um caixão com o corpo de uma pequena garota na garagem de casa?

O caso aconteceu no mês de maio, na cidade de São Francisco, Califórnia (EUA), e continua a despertar a curiosidade da população. A descoberta macabra de um caixão de bronze foi feita pela equipe que trabalhava na casa. O tampo, com duas janelas de vidro, revelou o corpo conservado de uma pequena garota de cabelos loiros, que usava um vestido branco e segurava uma rosa vermelha nas mãos.

Estima-se que a criança tinha apenas 3 anos e que sua morte tenha acontecido há cerca de 145 anos. Dentro do caixão forrado de veludo roxo não existe nenhuma marcação que possa ajudar a identificar a pequena, que está sendo chamada de “Miranda”, nome dado pela família que vive na casa.

Enquanto mais detalhes sobre a identidade da criança não são revelados, a família foi informada de que a cidade não se responsabilizaria pelo corpo e, por isso, ela teria que providenciar um novo enterro. Porém, seria preciso um atestado de óbito para obter a licença para o enterro — um agente funerário se propôs a levar o corpo pela bagatela de US$ 7 mil. Uma organização chamada “Garden of Innocence”, que cuida do enterro de crianças abandonadas, garantiu o dinheiro necessário para a remoção do caixão até outro lugar.

Comentários