TCA - ESPETÁCULO BONITINHA, MAS ORDINÁRIA


O espetáculo Bonitinha, mas ordinária se apresenta na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, de 11 de janeiro 3 de fevereiro. 



A peça, dirigida por Luiz Marfuz (Meu nome é mentira e As velhas), foi lançada em dezembro, homenageando o centenário de nascimento de Nelson Rodrigues, e atingiu a marca de 2700 espectadores, em 14 sessões.

No texto do dramaturgo pernambucano, o ex-contínuo Edgard tem de escolher entre o casamento por dinheiro ou por amor. Apaixonado pela vizinha Ritinha, que sustenta a mãe louca e as três irmãs, Edgard recebe a proposta de se casar com Maria Cecília, a filha de Werneck, seu patrão, que fora currada. 



A trama gira em torno das hesitações de Edgard e traz tensões e desfechos surpreendentes, que escondem a hipocrisia e o moralismo de fachada da classe média que Nelson Rodrigues soube tão bem analisar.

O texto de Nelson Rodrigues é inédito na Bahia e também comemora 50 anos da primeira e histórica montagem, dirigida por Martim Gonçalves, no Rio de Janeiro. A peça já teve diversas adaptações, inclusive para o cinema, com direção de J.P. de Carvalho (1963), Braz Chediak (1981) e Moacyr Góes (2009).
A montagem baiana conta ainda com uma equipe de renomados profissionais da cena local: Miguel Carvalho (figurino), Luciano Bahia (direção musical), Marilza Oliveira (coreografia), Fritz Gutman (cenário), Marcelo Jardim (preparação de canto), Elaine Cardim (preparação de voz), Leonel Henckes e Ciane Fernandes (preparação corporal), Lucas Modesto (programação visual). 

Data: 11/01/2013 a 27/01/2013
Horário: 20:00
Valor: R$ 10,00 (inteira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".