VASCULHAR ESGOTO É UMA CARREIRA EM EXPANSÃO: SAIBA POR QUÊ



"Epidemiologista de esgotos" não parece o tipo de emprego que atrai um grande número de candidatos. Mas, por mais incrível que pareça, essa é uma carreira que está se expandindo rapidamente.

Uma das principais funções desse profissional é descobrir como o nível do uso de drogas ilegais calculado em abordagens tradicionais, como questionários e estatísticas de criminalidade, pode ser comparado com as evidências mais diretas encontradas nos sistemas de esgoto de uma cidade ou de um bairro.

Por motivos óbvios, usuários de drogas ilegais nem sempre são honestos em relação a seus hábitos.

Por isso, dados obtidos através da análise do esgoto podem ajudar autoridades, pesquisadores e policiais a terem uma noção do verdadeiro escopo do consumo de entorpecentes em certo local.

Nos últimos seis anos, a epidemiologia de esgotos chegou praticamente às mesmas conclusões que outros métodos, ao quantificar o uso de drogas.

A técnica não identifica indivíduos. Pelo contrário, ela visa descobrir, por exemplo, se o uso de uma droga específica é particularmente alto em determinada cidade, o que poderia alertar as autoridades sobre a eficiência de campanhas e serviços de saúde pública naquela região, bem como se estão empregando os recursos policiais adequadamente.

Também é importante medir o nível de drogas nas águas escoadas porque essas substâncias são contaminantes. E as quantidades já são altas o suficiente para levantar preocupações sobre os efeitos em ecossistemas.


A matéria não termina aqui, continue lendo a matéria: 

Comentários