DE OLHO NA NOTÍCIA: FUNDAÇÃO PEDRO CALMON DEBATE DIREITO AUTORAL NO DIA INTERNACIONAL DO LIVRO



Responsável pela execução de políticas públicas de fomento ao livro, a Diretoria do Livro e da Leitura (DLL) da Fundação Pedro Calmon/SecultBA realiza no Dia Internacional do Livro e do Direito Autoral (23/04), a mesa redonda O direito autoral nos tempos do e-book. Com entrada gratuita, o evento acontece no dia 23(quinta-feira), às 16h, na Sala Alexandre Robatto (Barris). Neste dia, participam do debate a professora e idealizadora do Coletivo Editorial Ogum’s Toques, Mel Adún, o distribuidor de livros, Primo Maldonado, o jornalista e presidente da União Baiana de Escritores (Ubesc), Roberto Leal e Eduardo Gomes, doutorando em direitos autorais e culturais (Ufba). A iniciativa integra as diretrizes do Plano Estadual do Livro e Leitura (PELL).

Para o diretor da DLL, João Vanderlei de Moraes Filho, o encontro visa debater e valorizar as múltiplas dimensões do livro, desde o processo criativo até a sua cadeia econômica. “O evento reunirá especialistas em direito autoral, escritores e representantes da cadeia do livro. Vamos discutir a relação autor-editor e o mercado editorial, como estes setores se equacionam, além de trazer à tona questões sobre o cenário baiano”, frisou.

O jornalista e editor Roberto Leal fará um panorama da união dos escritores e relançará a coetânea “Kiximanu”, que conta com a publicação de 13 poetas, além da 10ª edição da revista de Literatura Òmnira. “Ambas as publicações fazem parte do trabalho de garimpagem de novos talentos literários, numa ação de intercâmbio que envolve países de Língua Portuguesa. Angola, por exemplo, tem sido muito atuante na questão do seu crescimento cultural e na literatura não tem sido diferente”, destaca Leal.

O quê: Fundação Pedro Calmon debate direito autoral no Dia Internacional do Livro
Quando: 23 de abril, quinta-feira, às 16h
Onde: Sala Alexandre Robatto, Barris
Quanto: Gratuito