16 MARCAS DE NASCENÇA RARAS (E UM TANTO ESTRANHAS)






Uma pinta que ocupa todas as costas, um nariz de palhaço já instalado “de fábrica”, um gato estampando dentro de outro gato e demais esquisitices incluídas no projeto original pela própria Natureza

Estima-se que aproximadamente 80% dos seres humanos nascem com alguma marca de nascença. Entre pintas, manchas ou protuberâncias incomuns, trata-se muitas vezes apenas de um breve sinal de identidade — há quem faça fama com isso, inclusive.

Mas às vezes a coisa é um tanto incomum mesmo para uma marca de nascença. Pode ser cômico como um nariz de palhaço que já venha “de fábrica”; incômodo como manchas que espalham pelos por todo o corpo; ou “fofo” como um cãozinho de coração estampado. Há de um tudo. Senão, confira a lista abaixo.

MENINO-TARTARUGA

Impossível não fazer a comparação, é verdade. Mas, ei! A ideia não foi nossa. Na verdade, o pequeno Didier Montalvo, de seis anos, ganhou o apelido na pequena vila em que vive, em uma porção rural da Colombia. Didier nasceu com um problema raro denominado nevo melanocítico congênito, o que lhe fez crescer um nevo que acabou por tomar todas as costas do garoto (sim, é uma espécie de pinta).
Didier precisou largar a escola por conta do problema. Além disso, dizia-se em seu vilarejo que o menino era “amaldiçoado”, já que havia sido concebido durante um eclipse. A despeito das crenças, entretanto, sua mãe, Luz, não podia pagar por um cirurgião para remover a marca.

Foi então que o cirurgião britânico Neil Bulstrode tomou conhecimento do caso. Bulstrode rumou para Bogotá com sua equipe do Great Ormond Street Hospital, de Londres, para remover o nevo. Após várias operações e enxertos de pele, os médicos conseguiram eliminar a marca.

MARCA DE NASCENÇA CÉLEBRE
O último líder da extinta União Soviética, Mikhail Gorbachev, traz consigo uma das marcas congênitas mais conhecidas e comentadas ao redor do globo — até mais do que aquela mancha na perna de certa apresentadora, acredita-se. Na verdade, é tão conhecida que definiu até um ponto turístico.

Ok, sem piadinhas aqui. Ocorre é que todos os anos milhares de russos vão para o arquipélago de Durak Aprel, o qual possui o mesmo formato da marca de Gorbachev. Há quem fale até em uma classe muito particular de turistas, a dos que praticam “shapecation” — destinos escolhidos por conta de uma geografia singular.

SE A VIDA LHE DER LIMÕES...
Ás vezes, o que conta mesmo é o que a sua criatividade é capaz de fazer com determinada marca congênita. O sujeito da foto acima, por exemplo, insatisfeito com as marcas avermelhadas nas costas, procurou um tatuador para tornar a coisa toda muito mais “cool” — embora também muito mais visível, convenhamos.
CERTIFICADO DE AUTENTICIDADE
Alguém aí duvidaria da relação de parentesco esse bebê e sua mãe? Difícil. Um caso bastante raro... E um belo certificado de autenticidade.

1/4 DE LOBISOMEM



Embora pareça meio homem e meio lobisomem, o que o chinês Zhang Hongming traz nas costas é, na verdade, uma imensa marca de nascença — tornada ainda mais incômoda por favorecer o crescimento de pelos grossos. Em Chongqing, no sudeste da China, Hongming é conhecido como “Chimpanzé”. O homem conta atualmente com ajuda médica para se ver livre da enorme mancha — cujas dimensões são vistas em apenas 3% da população global.



“COURO DE VACA”
Há apenas alguns meses, a pequena Li Xiaoyuan, de seis anos, trazia apenas uma pequena marca de nascença nas costas. 

Hoje, a mancha ocupa uma superfície cada vez maior do corpo da menina, espalhando pelos grossos pelas costas, braços e rosto. A impressão que fica é de que a pele da menina foi substituída por couro de vaca.

Xiaoyuan é acompanhada atualmente pelo Dr. Lou Zhongsquan, do Hospital Dermatológico de Zhaoquing City — o qual acredita em uma doença hereditária rara que deixa pintas normais fora de controle.


MÁSCARA INGRATA
O menino An Qi nasceu com uma mancha sobre o lado direito do seu rosto. Conforme ele cresceu, a mancha passou a ocupar uma área cada vez maior, espalhando pelos negros e grossos por todo o local.

O Hospital de Cirurgias Plásticas de Min Yi, em Changchun, concordou em cobrir todo o tratamento do menino, que deve cobrir quatro etapas. De acordo com o presidente hospital, Zheng Xiaoqin, uma pinta com pelos dessas dimensões, no rosto, é algo bastante raro.


Veja maias aqui:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".