TRIPULAÇÃO MULTINACIONAL CHEGA A ESTAÇÃO ESPACIAL




São Paulo - O foguete russo Soyuz que partiu no domingo do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, levou três novos membros à tripulação da Estação Espacial Internacional, incluindo a primeira astronauta italiana.

A cápsula Soyuz com o próximo comandante da estação, Terry Virts, da agência espacial norte-americana Nasa, com o comandante da Soyuz Anton Shkaplerov, da Agência Espacial Federal Russa, e a estreante Samantha Cristoforetti, da Agência Espacial Europeia, decolou às 19h01 (horáriode Brasília) do domingo.

Menos de seis horas depois, a cápsula chegou ao lado russo da estação, disse o comentador da missão Kyle Herring, da Nasa, que estava no Centro Espacial Johnson, em Houston.

A Estação Internacional, operada por 15 nações, serve como um laboratório em órbita para pesquisas em diversas áreas.

"Eu acredito que daqui a 100 anos, 500 anos, as pessoas vão olhar para trás para isto como os primeiros passos de um bebê que nós levamos para o sistema solar", disse Virts em uma entrevista à imprensa, antes do lançamento do foguete com a tripulação.



Comentários