ARTISTA RECRIA BARBIE COM PROPORÇÕES HUMANAS



A nova versão da boneca é mais baixa, tem a cintura mais larga e os pés maiores que a origina



Há mais de 50 anos, a Barbie é ícone de beleza e estilo para garotas de todas as idades. Alta, linda e magra, a boneca que  inspirou gerações tem sido alvo de muitas críticas. Alguns dizem que a silhueta do brinquedo pode incentivar a anorexia na adolescência e insatisfação com a aparência, entre outras coisas. Pensando nisso, o artista americano Nickolay Lamm resolveu fazer uma versão da Barbie com proporções mais humanamente comuns.

Nickolay criou um protótipo, produzido em uma impressora 3D, que segue as medidas do corpo estabelecidas pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA para uma adolescente americana saudável de 19 anos. A nova versão da tradicional boneca da Mattel é mais baixa, tem a cintura mais larga e os pés maiores que a original. "Esta opção é tão vendável quanto a Barbie. O que será que impede o fabricante de produzir bonecas assim?", questionou Lamm em entrevista ao Huffington Post.

Lançada em 1959, a Barbie é um dos brinquedos mais influentes do mundo e mesmo sendo tão criticada, é uma das bonecas mais vendidas da história. Só no primeiro trimestre de 2013 o lucro líquido da Mattel quase quadruplicou em relação a 2012. 
E você, o que acha da nova versão da Barbie?


Veja mais: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".