GERMANO MACHADO FALA DE SOLvendo Sentidos


SOLvendo Sentidos e  Germano Machado


 
Germano Machado é professor aposentado da UFBA e da Ucsal, fundador do Movimento Cultural Educativo - CEPA, membro das Academias Baiana de Educação, Mater Salvatoris, do Salvador e de Cultura da Bahia.
 
 
Segundo Germano o livro de poesia “SOLvendo Sentidos”, de Ivone Alves Sol, publicação de Auto Editor Itabuna – Bahia é um texto onde prevalecem o Soneto, o Rondel, o Haicai.
Para ele a  autora Ivone Alves Sol teve vários privilégios ao editar seu trabalho: Primeiro, o texto do presidente da Academia de Cultura da Bahia, advogado e escritor, tanto quanto poeta e cantor lírico Benjamim Batista. A própria visão do mesmo mostra a riqueza de “SOLvendo Sentidos”. Afirma ainda que: “Ivone Sol carrega no nome a luz dos que brilham.”

 
 
Germano diz: Poetisa aparentemente mansa e tímida vira um vulcão quando consegue o parto da palavra…” De minha parte acho que todo o livro, todas suas poesias são como que o despertar do sol, alvorada do sentimento, a madrugada que vai se adentrando não só sobre a Terra como também nos corações."



Baiana de Valente, município baiano, reside atualmente em Petropoles/RJ e jovem têm uma vida cheia, sol refletindo a mulher de ação: da Academia de Cultura da Bahia, do Comitê Executivo de Autores, da Câmara Baiana do Livro, Assessora Geral do Projeto Alma Brasileira de Antologia, professora, locutora, atuou em rádios, passou pela presidência da Associação de Rádios Comunitários da Bahia e, enfim, escritora e poeta.


“Devo em consciência afirmar a essa jovem autora, mulher de pensamento e de ação que prossiga na sua marcha conforme o pensamento da entidade que fundei – Círculo de Estudo Pensamento e Ação – CEPA, com 60 anos de permanência: PARA A FRENTE E PARA O ALTO, EIS O CAMINHO.”

Germano Machado
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".