MULHER DEIXA MARIDO POR ELE RECUSAR FANTASIAS


Mulher cita o livro 'Cinquenta tons de cinza' como responsável pela descoberta de que o marido não poderia embarcar com ela em aventuras sexuais.



Uma empresária de Londres, de 41 anos, pediu o divórcio depois que o marido se recusou a viver as fantasias sexuais contidas no romance best seller 'Cinquenta tons de cinza', que virou  fenômeno.

A inglesa comprou o livro, que é sucesso em quase todo o mundo, logo após o lançamento. No embalo da leitura, a inglesa decidiu praticar a história picante com o marido.

Mas, de acordo com o blog Page Not Found de O Globo, quando o marido não conseguiu atender às expectativas relacionadas as temas explorados no romance, que incluem sadomasoquismo e bondage, a empresária decidiu se separar.

No processo, a inglesa cita o livro como responsável pela descoberta de que o marido não poderia embarcar com ela em aventuras sexuais.

De acordo com o Daily Mail, o caso está sendo conduzido por Amanda McAlister, um das mais renomadas advogadas da área de divórcio do Reino Unido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".