WIKIPEDIA E FOTÓGRAFO LUTAM POR DIREITOS SOBRE "SELFIE" DE MACACO




Wikimedia, a organização sem fins lucrativos por trás da Wikipedia, se recusou a tirar a imagem acima de seu banco de dados, mesmo após o fotógrafo que era dono da câmera ter feito o pedido. De acordo com a Wikimedia, como não foi o fotógrafo, e sim o macaco, que clicou o retrato, a imagem pode ser distribuida gratuitamente sob licença creative commons. Já o fotógrafo, David Slater, afirma que ele deve receber direitos autorais.

A imagem foi feita quando Slater, um britânico, estava na Indonésia, em 2011. Ele tentava fotografar um exemplar da espécie Macaca nigra quando o próprio macaco tirou a câmera de suas mãos e tirou um selfie - com sorriso e tudo. "Como o som do clique chamou a atenção deles, os macacos continuaram clicando e brincando com meu equipamento", afirma Slater.

Depois da foto virar meme e ter seus 15 minutos de fama online, a Wikimedia Commons incluiu a imagem em sua coleção. Hoje, o site possui mais de 22 milhões de vídeos e imagens que podem ser usadas gratuitamente (desde que com atribuições). Ou seja, qualquer um pode usar a foto sem pagar direitos autorais para Slater. O argumento da empresa é que o fotógrafo não teria direito sobre a imagem, já que foi o macaco que recebeu o clique. O argumento do britânico é que ele pagou pela viagem, pelo equipamento e criou as condições para que o retrato fosse tirado - e a foto seria sua propriedade, mesmo que ele não tenha feito o clique.

Agora o fotógrafo pretende levar o caso para a justiça. Mas, na sua opinião, de quem é a foto? De Slater? Do macaco? Ou ela realmente precisa ser listada como domínio público? 





Comentários