NIETZSCHE E IDADE MÉDIA NO CEPA



Neste sábado (02/08), na Sede do CEPA - Círculo de Estudo, Pensamento e Ação realizará aulas com o tema: “Idade Média: Alkindi, Avicena, Algazel, Averróis, Maimônides, Isidoro de Sevilha, Marsilio de Padua” – leitura e comentários do Professor Germano Machado e do aluno de Psicologia Elder Carlos dos Santos. Em seguida, palestra com a estudante de Letras Milica San – ministrando sob o tema: “Nietzsche e o seu processo criativo”. Logo após, sarau poético, palavra livre e música com Chico Do Crato ( voz e violão), Oswaldo Lemos (voz), Antonio Marcos Brito (violão) e o Grupo de Hip-Hop de Simões Filho, Tática Verbal.

 CEPA
 Rua Souto Dalva, nº 98 – Barbalho – (uma rua depois da antiga Escola Técnica – atual IFBA)
Dia e Hora: 2 de agosto, a partir dás 14 horas.
Mais informações – 3037-5548


GLEIDE DAMMAS FAZ APRESENTAÇÃO NO GOSPEL MADE IN BAHIA


Durante a gravação do Talk Show, a cantora participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua, onde responde perguntas sobre seu trabalho artístico.

A mais nova artista contratada da gravadora CPAD Music, a cantora baiana Gleide Dammas, participa da quarta edição do projeto Gospel Made in Bahia, com Pocket Show, na qual apresentará as principais canções da sua carreira. O evento será realizado no dia 2 de agosto (sábado), às 19h, no espaço Glauber Rocha da livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, em Salvador. Com um estilo que vai do canto sacro ao pop gospel, Gleide Dammas também é compositora, preparadora vocal e fonoaudióloga. Já gravou tem três CDs, o primeiro em 2006 como título, “Naquela cruz”, o segundo, “Halleluya”, em 2009 e o seu mais recente, “Lugar diferente”, foi produzido em 2013 e tem feito grande sucesso no cenário musical gospel da Bahia e do Brasil.

Como reconhecimento do seu talento, em 2010, participou do concurso da Sony Music e ganhou na categoria “revelação Bahia”. Atualmente, a cantora Gleide Dammas é solista da Orquestra Filarmônica Evangélica de Salvador (OFES) e preparadora vocal do coral dos Tribunais de Contas do Estado e municípios. Além disso, é idealizadora do projeto “Sons de Vidas” – projeto social que vem transformando a vida de crianças, adolescentes e jovens no bairro de Nova Brasília em Salvador, por meio de atividades artísticas.


Carlos Souza Yeshua
Entrevista - Durante a gravação do Talk Show, que é aberto ao público, Gleide Dammas participa de um bate-papo musical com o jornalista Carlos Souza Yeshua, onde responderá perguntas relacionadas com seu trabalho artístico e ainda cantará canções que marcaram sua carreira. “Assim como os convidados anteriores, Gleide é uma artista de muito talento e certamente será um instrumento na mão de Deus, para revolucionar a música gospel contemporânea da Bahia”, acredita Yeshua, criador do Gospel Made in Bahia, projeto que tem entre seus objetivos, promover o trabalho dos Levitas baianos.

Trajetória musical - Desde crianças Gleide Dammas já demostrava que tinha aptidão para a área musical, logo aos 13 anos começou a cantar no “Grande Coral da Mocidade” (GCM), que tinha como maestro, Jaime Evangelista. Dessa forma inicia sua trajetória, sempre atuando em grupos de louvores de igrejas evangélicas, mas nunca abandona o coral, que é a sua grande paixão. Aos 24 anos, ingressa no “Coral e Orquestra Sinfônica de Salmos” (COSS), sob a maestria de Levi Leite, período de muito crescimento para a cantora. Nessa mesma época continuava atuando em diversos grupos vocais, e foi justamente nesse momento que decide estudar canto na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia.

Entrou para banda de música da aeronáutica, onde atuou por quatro anos, sempre tendo participações em diversas cerimônias das Forças Armadas. Com um talento perceptível, Gleide Dammas começou a ser convidada para cantar em eventos corporativos e políticos, a exemplo de solenidade de despedida, posse de autoridades na Câmara Municipal de Salvador, Assembleia Legislativa da Bahia e em várias cidades no interior do Estado, além disso, a cantora se apresenta em diversos eventos musicais na capital baiana e região metropolitana.

Em parceria com o maestro Neemias Couto, ministra cursos de qualificação musical para músicos em diversas igrejas e ainda, como professora visitante, faz a preparação vocal dos corais: Vozes da Secretária da agricultura (SEAGRI), Secretaria da administração do Estado da Bahia (SEAEB) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

SERVIÇO:
O quê: Gospel Made in Bahia com a cantora Gleide Dammas
Onde: Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi (Espaço Glauber Rocha) – Salvador - BA.
Quando: Dia 02 de agosto (sábado), às 19h.
Entrada: Gratuita. 
Informações: (71) 8122-7231

Gleide Dammas -















SOB O CÉU DE ZABÉ – ZABÉ DA LOCA





Visceral mostra o trabalho da pifanista que influencia gerações e vive em uma “loca” no interior da Paraíba.

Desde os sete anos de idade, Zabé é tocadora de pífano, uma flauta rudimentar e tradicional do Nordeste brasileiro. A artista passou a infância e juventude trabalhando no campo e fazendo música na cidade de Buíque, agreste de Pernambuco.

Ao se casar, mudou-se para o interior da Paraíba, teve três filhos e, em 1966, ficou viúva e viu sua casa literalmente ruir. A única alternativa foi morar com a família em uma gruta (uma “loca”, na linguagem da região), cuja entrada tapou com paredes de taipa e onde passou o seguinte quarto de século. Surgiam dali o apelido e as condições que talhariam sua música.

Do pife, Zabé da Loca extrai o som do seu universo paralelo. Descoberta pela mídia em 1995, a artista saiu da caverna. Assentada da Reforma Agrária, sua música – sem tempo, sem espaço – faz sentido tanto para os tradicionalistas quanto para os jovens. A pifanista serviu de inspiração em discos de artistas como o percussionista argentino Ramiro Mussoto e o grupo paraibano Cabruêra.


Veja mais:



ESPETÁCULOS PODEM SE CANDIDATAR PARA COMPOR O CATÁLOGO DANÇA BAHIA


A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), convoca grupos, artistas e produtores para se candidatarem à composição da 1ª edição do Catálogo Dança Bahia – Difusão da Dança Baiana 2014, material promocional que vai reunir informações sobre uma lista de espetáculos de dança baianos, no intuito de estimular a difusão e a visibilidade desta produção no Brasil e no exterior. A ação, que integra o Programa de Difusão das Artes, tem inscrições abertas até o próximo dia 27 de agosto. 

Escritas em Trânsito inscreve para mais três oficinas
Carol Bensimon, Ricardo Domeneck e Marília Garcia ministram cursos em agosto e setembro, dentro do projeto que promove diálogos para movimentar a literatura baiana.

Abertas até 27 de agosto inscrições da 2ª Chamada do Calendário das Artes 2014
O edital concede prêmios de até R$ 13 mil e abrange as áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas, com um aporte total de R$ 637 mil para apoiar no mínimo 49 projetos. Nesta 2ª Chamada do ano, o Calendário das Artes se volta a propostas que sejam iniciadas de 1º de dezembro de 2014 a 28 de fevereiro de 2015.

Calendário das Artes recebe indicações de membros para suas comissões
Edital terá seis comissões que vão avaliar e selecionar os projetos inscritos em cada Macroterritório da Bahia.

Divulgado resultado do edital dos Salões de Artes Visuais da Bahia 2014
Projeto vai realizar exposições com um total de 48 obras em Camaçari e Paulo Afonso.

Salão de Artes Visuais em Vitória da Conquista recebe visitação
Exposição está em cartaz no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, com entrada franca.

Programa de Qualificação nos Circos inscreve para dois editais
FUNCEB vai premiar três circos com R$ 50 mil e com a oportunidade de receber artistas selecionados para realização de atividades formativas, visando à qualificação técnica dos circos e experiência itinerante de circenses.

Arte por Toda Cidade toma conta de Araci
Projeto reúne artistas do território do Sisal e de Feira de Santana para criação de painéis urbanos e realização de oficinas.

EM Conjunto – Estudos EM Dança promove intercâmbios para a valorização da dança no interior
Projeto realiza três oficinas e uma apresentação performática em Itacaré.

Arte invade ônibus em Paulo Afonso
O projeto Intervenções Urbanas em Viagens Suburbanas convida para uma pausa no cotidiano: é só pegar um “buzú” e torcer para ser surpreendido!

Folhas de Sonhos abre espaço para a literatura em Santo Estevão
Projeto realiza ações de formação voltadas para comunidade remanescente de quilombo na Fazenda Conga.

Mar Grande abriga intervenções artísticas
Durante um mês, projeto vai promover atividades diversas nesta praia do município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, valorizando sua identidade.




PESSOAS COM DEPRESSÃO TENDEM A BUSCAR ALVOS ABSTRATOS – E ISSO NÃO É BOM

31.07.2014




Os objetivos que nós temos influenciam muito a nossa felicidade. E um novo estudo do Instituto de Psicologia, Saúde e Sociedade da Universidade de Liverpool, na Inglaterra, trouxe alguns esclarecimentos sobre esse tema.

Os pesquisadores, liderados pela psicóloga Joanne Dickson, pediram a voluntários com e sem depressão que fizessem uma lista de objetivos pessoais que gostariam de alcançar em um prazo curto, médio e longo. Depois, os alvos foram categorizados de acordo com quão específicos eram. “Ser feliz”, por exemplo, é algo geral, enquanto algo como “escrever duas páginas de Word por dia” é um alvo bem mais específico.

Os resultados mostraram que, embora tanto os voluntários que tinham depressão quanto os que não tinham a doença tenham listado o mesmo número de objetivos, os depressivos listaram alvos que não só eram mais generalistas, mas também mais abstratos. Além disso, esse grupo tinha propensão muito maior a dar motivos não específicos para alcançá-los.

“Nós sabemos que a depressão está associada a pensamentos negativos e a uma tendência a generalizar demais a coisas, especialmente em relação a si mesmo e às suas memórias do passado”, diz Joanne Dickson. “Este estudo, pela primeira vez, mostrou que essa característica também engloba objetivos pessoais”, completa.

O problema disso é que ter metas muito amplas e abstratas pode manter e agravar a depressão. “Nós descobrimos que faltava foco nos alvos que as pessoas com depressão clínica listaram,tornando mais difícil a sua realização e, assim, gerando cada vez mais pensamentos negativos”, diz a autora. Não é difícil entender o porquê: metas ambíguas são mais difíceis de se visualizar, o que, por sua vez, pode levar a uma redução da expectativa de realizá-las – o que resulta em menor motivação. Em outras palavras: você não sabe exatamente o que quer, nem por que quer, só tem uma ideia geral. E esse negócio é tão nublado que você não consegue realmente se ver lá, então se desanima e nem tenta muito. Só que aí, vendo que a coisa realmente não está rolando como queria, você fica ainda mais desanimado – e vai se esforçar ainda menos. O resultado é um ciclo de negatividade que só vai piorando e, para os depressivos, é especialmente difícil escapar dele.

Para os pesquisadores, esses resultados podem favorecer o desenvolvimento de novas formas eficazes de tratamento da depressão. “Ajudar as pessoas deprimidas a definir metas específicas e gerar razões específicas para a realização do objetivo pode aumentar suas chances de realizá-los, o que poderia quebrar esse ciclo de negatividade”, diz Dickson.


CACHORROS AJUDAM VOCÊ A SE MANTER MAIS JOVEM



30.07.2014


Carol Castro
Ah, os cachorros. Além de serem bons companheiros, ainda fazem bem à saúde – tanto que atéajudam você a ter o pique de alguém 10 anos mais jovem.

Pesquisadores da Universidade St Andrews colocaram um dispositivo eletrônico em 547 idosos, com idade média de 79 anos, para medir o nível de atividade física praticada por eles. Cerca de 9% dos participantes tinham um cão em casa. E eles eram os mais ativos: 12% mais que os outros.

Segundo a pesquisa, apesar das dificuldades da velhice, essas pessoas aguentam, em média,praticar a mesma atividade física que alguém 10 anos mais jovem. E o motivo é simples: eles precisam brincar e sair para passear com os cães. Aí acabam se esforçando para se movimentar mais, com dor ou não.

Além disso, os voluntários também responderam a um questionário. E os idosos donos de cães apresentam menos sintomas de depressão.

E aí? Não vale a pena ter um deles em casa?

(Via Telegraph)


CONCENTRAÇÃO É A CHAVE PARA O ORGASMO FEMININO

 29 de julho de 2014
Mulheres precisam de mais estímulos do que homens para chegar ao orgasmo. Isso é fácil de perceber. Mas há uma explicação (e solução) até que simples: controlar a mente. Se elas conseguirem manter o foco no presente e, principalmente, nas sensações corporais durante osexo podem aumentar o número de orgasmos.

É o que dizem pesquisadores belgas. Eles entrevistaram 251 mulheres francesas, com idade entre 18 e 67 anos. Todas levavam uma vida sexual ativa – com a frequência de atividades variando de duas a 90 (!!) vezes por mês. Entre as participantes, 176 relataram que chegavam regularmente ao orgasmo durante o sexo. Já as outras 75 não tinham a mesma sorte.

Todas responderam questionários sobre as emoções, pensamentos e comportamentos que tinham durante o sexo ou masturbação. E, bem, a diferença entre elas, é que aquelas com maior frequência de orgasmos costumam pensar mais no momento e em fantasias eróticas, enquanto transam, do que as outras.

É bem óbvio, não? Se você não estiver ligado ao momento, dificilmente vai sentir algum prazer – seja no sexo ou em qualquer outra atividade.

(Via Live Science)
Crédito da foto: divulgação






PRÊMIOS PARA O SERVIDOR



Foram prorrogadas até o dia 31 de julho as inscrições para os prêmios Servidor Cidadão e Boas Práticas, Festival de Música, além do Concurso Literário, que acontece pela primeira vez no Estado, com objetivo de premiar obras literárias escritas por servidores, seja em prosa ou em poesia (clique aqui para fazer sua inscrição). Caso o servidor encontre dificuldades em realizar a inscrição, a Diretoria de Valorização de Pessoas (DDE) orienta que a mesma seja feita através do e-mail premios@saeb.ba.gov.br. Dúvidas poderão ser esclarecidas pelos telefones (71) 3115-3705 ou 3115-3078.
Serão, ao todo, mais de R$100 mil em premiações, que visam valorizar e estimular o funcionalismo público. Os vencedores serão conhecidos durante as comemorações pela passagem do Dia do Servidor (28 de outubro).
“Estas premiações fazem parte de uma política de recursos humanos adotada na atual gestão, que visa destacar aqueles servidores que apresentam soluções de logística, com economia de tempo e recursos para o Estado, além daqueles que não abrem mão de participar da construção de uma sociedade mais justa e humana”, disse o secretário da Administração, Edelvino Góes.

Os prêmios Servidor Cidadão e Boas Práticas oferecerão, cada um, R$ 10 mil para o primeiro lugar, R$ 7 mil para o segundo, R$ 5 mil para o terceiro, R$ 3 mil para o quarto, R$ 2 mil para o quinto e R$ 1 mil para as ações  colocadas entre o 6º e o 10º lugares. São reservados, além disso, mais R$ 10 mil para uma das instituições, sem fins lucrativos, cujo projeto ou ação tenha sido selecionado entre os 5 primeiros colocados do Prêmio Servidor Cidadão.

O II Festival de Música premiará com R$ 5 mil o primeiro lugar, R$ 4 mil o segundo, R$ 3 mil o terceiro e R$ 1 mil para as músicas colocadas entre o 4º lugar e o 15º lugares. Além disso, este ano o Festival traz como novidade a votação popular que será realizada no Portal do Servidor com 15 músicas participantes que irão compor o CD do Festival. A música mais votada receberá R$ 1 mil como premiação.




SLLEYK DA BAHIA - O COREÓGRAFO DA ALEGRIA - ORIGINAL SAMBA REGGAE.



Slleyk da Bahia é um professor de dança profissional e artista de Salvador Bahia, o coração da cultura afro-brasileira. Ele foi Formado pela escola de Dança Disáspora, onde sempre se destacou pela sua alegria. Não demorou  para ser convidado a trabalhar com grupos famosos. Ganhou o mercado internacional com seu carisma e alegria. Ele já apareceu na TV Travel Channel "Dance the World" com Jaycee Gassett e é reconhecido por sua capacidade de trabalhar com as estrelas e ensiná-los a dançar samba. Ele também trabalha como coreógrafo para o mundialmente famoso grupo Samba Reggae OLODUM durante o carnaval a cada ano.

O Objetivo do Coreografo Baiano é levar paz, amor e alegria através da dança, música e ritmos do Samba Reggae Original. Quem Dança com Slleyk da Bahia enche o coração de paz, amor e alegria!!!!!

Mais informação, aqui:










JOVEM VICIADA EM INTERNET PERDE MARIDO, EMPREGO, 33 KG E FICA SEIS MESES INTERNADA

Já se passaram seis meses desde que Lucélia Cristina Paes, de 26 anos, iniciou o tratamento contra o vício em internet em uma clínica de Araçoiaba da Serra (SP). 

A doença, que a fez perder o emprego, o marido e 33 quilos – por deixar de viver a vida real para se dedicar exclusivamente à online –, ainda não está totalmente controlada e, por isso, a proximidade do término do tratamento, previsto para daqui a dois meses, assusta a paciente. “Tenho medo do mundo lá fora, de como vai ser fora daqui, pois não quero mais voltar a ter a vida que eu tinha antes”, conta a jovem.

Antes da internação, Lucélia havia trocado o dia pela noite e até esquecia de comer. Ela trabalhava pensando na hora do intervalo, em que poderia pegar o celular que ficava guardado no armário da empresa. Como o tempo livre não era suficiente, Lucélia saiu do emprego para se dedicar única e exclusivamente ao vício eletrônico. Já o marido, cansado de “disputar” a atenção dela com a internet e de sentir ciúmes com as conversas dela em salas de bate-papo – que geraram várias brigas – acabou pedindo o divórcio.

Como parte do tratamento, Lucélia iniciou há alguns dias a etapa de ressocialização, quando o paciente da clínica retorna à sua casa por um pequeno período na tentativa de voltar a se acostumar com o ambiente e, também, com o convívio familiar. A jovem ficou por cinco dias em casa, tempo que considerou insuficiente para saber se irá, de fato, conseguir superar o seu vício. “O computador estava lá, na minha frente, em nenhum momento usei. Só que, quando penso em sair de vez da clínica, sinto medo de sair e depois ter que voltar.”

Durante os cinco dias que permaneceu em casa, que fica na cidade de Tatuí (SP), a paciente contou com o apoio da família para se manter longe da vida on-line. Principalmente da filha, de seis anos, que, apesar da pouca idade, ficou no pé da mãe o tempo todo para que ela não tivesse uma recaída. “Ela ficava falando pra mim: ‘mãe, não entra na internet mais. Não chega mais perto do computador’. Até na hora que ela quis tirar uma foto comigo, não pegou o celular. Disse que era melhor usarmos a máquina fotográfica mesmo”, relembra Lucélia.


Fonte: G1
 Veja aqui matéria completa:


POR CAUSA DE DOENÇA, BRITÂNICA TEM CORPO DE ATLETA SEM NUNCA TER MALHADO


27.07.2014


A britânica Vicky Harper, 30, sofre de uma rara doença que a faz ter um corpo de atleta. Sem nunca ter frequentado uma academia, Vicky é parada na rua por pessoas que lhe perguntam se ela é fisiculturista. A lipodistrofia faz com que toda a gordura da britânica se acumule embaixo dos músculos e não o contrário, lhe garantindo o físico atlético. Até que os sintomas piorem, ela não pode ter ajuda médica.

Vicky herdou a doença de seu pai e ela teme que isso seja transmitido geneticamente às filhas que pode vir a ter. “Fiquei desesperada para não ter uma garota. Tenho que usar quadris falsos e dois sutiãs quando saio à noite porque quero parecer mais feminina”, explicou ao jornal DailyMail. Apesar disso, ela é mãe de três filhos, Isaak, de 8 meses, Oskar, de 5, e Jake, de 3.

A liodistrofia causa ataques cardíacos por conta do acúmulo de gordura ao redor do músculo do coração e, ainda, pressão e colesterol altos. Além de seu pai, que morreu de um ataque cardíaco aos 50 anos, outras duas tias de Vicky também sofrem da condição.

“Agora as pessoas me param na rua ou em restaurantes para perguntar em qual academia vou ou com que frequência eu malho. Não é culpa deles de não saberem da minha condição – eles acham que estão sendo legais e fazendo elogios – mas é realmente irritante”, desabafa.

Vicky acha que não haverá problema se um de seus filhos herdar a doença, pois “não tem problema um homem ser musculoso, mas mulheres devem parecer feminina”. No entanto, ela diz que se tiver uma menina, “nunca irá se perdoar”. “Eu sei como é e eu iria odiar vê-la passando por isso”.



TOCA-DISCOS LÊ MÚSICA EM UMA FATIA DE TRONCO DE ÁRVORE


27.07.2014

Um projeto de extrema sensibilidade foi criado pelo artista alemão Bartholomäus Traubeck. Intitulada “Years”, a obra traduz a textura natural de um disco de madeira em notas musicais.
A música é produzida mais ou menos como ocorre em um toca-discos comum, mas no lugar do vinil entra o disco de madeira e a tradicional agulha dá lugar a um sistema de câmera que captura imagens que são processadas por um computador levando-se em conta a resistência da madeira, espessura e taxa de crescimento.

Essas informações são utilizadas pelo software para “tocar” um piano. Cada árvore e cada fatia de madeira que pode ser extraída dela gera uma música única.








AS ARANHAS MAIS INCRÍVEIS DO PLANETA



         26/07/2014 

Já imaginou se nós, seres humanos, tivéssemos no lugar da pele uma camada refletiva, como um espelho? É seguro dizer que todos por aí já estariam cegos de tanto reflexo! Mas na natureza, e em menor escala, isso existe.

Não, as aranhas que você verá aqui não são esculturas. Não, elas também não roubaram e estão carregando joias. Essas aranhas são chamadas de Aranhas Espelho, pelo seu proeminente e brilhante abdome. As partes brilhantes parecem espelhos ou materiais metálicos colados as aranhas, mas na verdade são mutáveis e podem mudar o padrão e o tamanho de acordo com o nível de ameaça interpretado pelas aranhas.

Onde encontrá-las? Austrália e Singapura! Mas chega de papo, confira as aranhas mais incríveis do planeta:

   VEJA  MAIS AQUI:







ADONIRAN VARGAS - POR "MIM"



Poderia ter feito todas as coisas desse mundo sóbrio,
Mas me embriaguei nessa vida única.
E tudo que nela faço torna-me diferente do resto...
Diferente do "certo" sou igual.
E o que é o certo?
Busco todos os dias respostas...
Descobri que mudanças não só transformam 
como também nos deixam sólidos.
Não sou transparente,
Em mim reflete meus próprios conflitos.
Nos obstáculos construo o meu forte, uma fortaleza 
para além mar.
Viajo sempre na imensidão do meu interior,
Um solitário de mil faces, mil fases,
Esse sou eu!