CIENTISTAS ACABAM DE FAZER UMA NOVA DEMONSTRAÇÃO DE COMO O DNA PODE SER USADO PARA ARQUIVAR INFORMAÇÕES DIGITAIS.







A equipe britânica codificou e inseriu um texto científico, uma foto, sonetos de Shakespeare e um trecho do famoso discurso "I Have a Dream" (Eu tenho um sonho), do líder negro norte-americano Martin Luther King, em filamentos de uma molécula de DNA produzidos artificialmente.

Depois, a informação foi decodificada e "lida" com 100% de precisão.
É possível guardar imensas quantidades de informações em DNA por milhares de anos, dizem os pesquisadores em artigo publicado na revista científica Nature.


Saiba tudo sobre o tema aqui:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".