SEBASTIÃO SALGADO LANÇA PROJETO "GENESIS", QUE REGISTRA TRIBOS E PAISAGENS ISOLADAS.





Os olhos azuis de Sebastião Salgado já viram de tudo neste mundo (e isto talvez não seja exagero). 
Por oito anos, o fotógrafo mineiro de 69 anos viajou por mais de 30 regiões extremas do globo coletando imagens de dezenas de tribos isoladas, animais em extinção e paisagens raras.

Ainda assim, ele parecia nervoso ao encarar os 1.400 ouvintes do TED, uma conferência exclusiva sobre tecnologia, artes e educação, na semana passada, na Califórnia.

Salgado tem menos de 18 minutos para explicar o projeto "Genesis", que consumiu 1 milhão de euros por ano (R$ 2,6 milhões) e vai resultar em livros, um documentário com Wim Wenders e uma série de exposições idênticas com 250 fotos em preto e branco cada. A primeira abre no dia 11 de abril em Londres e, no dia 28 de maio, chega ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro.


Saiba mais:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1241588-sebastiao-salgado-lanca-projeto-genesis-que-registra-tribos-e-paisagens-isoladas.shtml

Um comentário:

  1. Almira Reuter de Miranda7 de setembro de 2013 às 18:11

    Maravilha o trabalho desse nosso conterrâneo mineiro de Aimorés.Fiquei ontem encantada com seu trabalho,é uma pesquisa mundial,em vários aspectos.Suas fotos são e serão fotos para eternidade.

    ResponderExcluir

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".