CONHEÇA OS HOMENS QUE VIVEM COMO BONECAS DE BORRACHA


Um novo documentário britânico mostra a rotina desses homens que se fantasiam de forma excêntrica a fim de viver uma vida paralela

É muito comum recorrer a alguns artifícios para satisfazer os seus desejos mais íntimos, mesmo que eles sejam um tanto estranhos. Pois, um novo grupo de pessoas tem chamado a atenção da mídia nos últimos anos por ter elevado esses desejos a um outro nível e ganhou um documentário realizado pelo canal de TV britânico Channel 4.

A “tribo” em questão são os chamados “Living Dolls”, ou seja, “bonecas vivas”, que são homens que se fantasiam como bonecas infláveis, usando máscaras e trajes de borracha (complementados com meias, luvas e um pouco de maquiagem) para se parecer com uma mulher artificial.

O visual fica um tanto bizarro, é verdade, mas eles, que também são chamados de “mascarados”, garantem que ficam satisfeitos dessa forma.

Família e fetiche
O documentário, chamado "Secrets of the Living Dolls" (Segredo das Bonecas Vivas), acompanhou vários mascarados que se vestem como mulheres em pele de borracha.

Segundo o Channel 4, este documentário mergulha no mundo secreto do "mascaramento feminino", em que os homens se transformam em bonecas se espremendo em uma segunda pele.

A comunidade das “bonecas vivas”, no entanto, vive escondida em homens de família comuns, que levam uma vida dupla, esforçando-se para se tornar sua própria fantasia de mulher ideal. Existem milhares de adeptos da prática no mundo inteiro, porém eles mantêm segredo sobre ela. Afinal, dificilmente serão reconhecidos quando vestidos como bonecas infláveis.

Um dos homens no documentário explica porque ele é um mascarado: "É como uma bela mulher andando na rua. Você se torna uma das pessoas mais bonitas, recebendo muita atenção e isso não é algo que eu tenho aos montes", disse ele.
Fuga ou diversão?

Já Jon, um pai de seis crianças que trabalha como motorista de empilhadeira em um armazém, faz de seu passatempo inusitado uma forma de ajudá-lo no vínculo com suas filhas. "Tento encontrar maneiras de me adaptar para estar com minhas filhas, e isso às vezes envolve fazer as unhas e maquiagem também”, explica.

Barbie Ramos, proprietária de uma empresa que produz alguns trajes de borracha usados pelos mascarados, disse ao New York Daily News que eles são como todo mundo.  "Eles não são pessoas esquisitas, isso não é estranho. Eles são como o que eles chamam de `pessoas baunilha` (com vidas comuns) que, eventualmente, em algumas noites ou ocasiões especiais, gostam de colocar uma máscara. Por que não?”.