PROJETO PREVÊ ALTERAÇÕES NO COMÉRCIO DA AVENIDA SETE



Quem está acostumado a comprar frutas e verduras em frente ao Relógio de São Pedro ou na Rua Coqueiros da Piedade terá que pechinchar na Rua 21 de Abril. É que, pelo projeto de reordenamento do comércio informal na Avenida Sete de Setembro, os ambulantes serão distribuídos em locais temáticos.

“A Rua 21 de Abril já está definida como comércio de frutas, porque é o que mais se vende no local”, explicou Rosemma Maluf, secretária municipal da Ordem Pública (Semop). Segundo ela, o projeto está em fase de finalização e ainda não estão definidas as outra áreas temáticas. 

“Outras localidades vendem mais folhas, sequilhos,  roupas, vamos tentar aglutinar por segmento, vamos criar uma identidade visual para cada rua”, completou Rosemma.

O prazo ainda não está definido, mas, pelo projeto, a Avenida Sete de Setembro ficará livre para a circulação de pedestres, assim como a Praça Rio Branco, onde fica o Relógio de São Pedro. O projeto foi definido na quarta-feira por representantes dos ambulantes  em conjunto com a Semop. Foram definidas 12 ruas transversais, nas quais 966 ambulantes serão distribuídos (veja mapa abaixo). 

VEJA ONDE FICARÃO OS AMBULANTES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".