CONHEÇA A HISTÓRIA DO GATO DE RUA BOB QUE MUDOU A VIDA DO SEU DONO




Baseado numa história real, o livro 'Um gato de rua chamado Bob' teve direitos negociados para o cinema pelo mesmo agente de Marley & Eu


Baseado numa história real, o livro 'Um gato de rua chamado Bob' teve direitos negociados para o cinema pelo mesmo agente de Marley & Eu
  
Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a TwinPeaks).

Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe de volta a saúde, James mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo, os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados. O livro 'Um gato de rua chamado Bob', que chega às livrarias do Brasil pela editora Novo Conceito, é uma história de amizade que promete tocar o coração de quem a lê.

Sobre o autor
Depois de passar um tempo no sofá de amigos, James acabou indo morar nas ruas. E foi então que começou a consumir heroína: “Quando você vive nas ruas, está cercado por pessoas que usam drogas. Elas lhe oferecem dizendo que vai ajudá-lo a dormir — o que é verdade — ou a se sentir melhor. E, antes que você perceba, está pensando: por que não? Não tenho nada mais a fazer mesmo...”

James entrou em uma dependência tão severa que, por várias vezes, quase morreu. Depois de três anos vivendo nas ruas, ele conseguiu entrar em um programa de reabilitação e recebeu um pequeno quartopara viver. Foi bem nesta época que encontrou Bob...o gatinho que lhe deu motivos pra viver.

Conheça James Bowen e Bob:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".