DE OLHO NO ESPAÇO; MAIS UMA FOTO INCRÍVEL DO HUBBLE



A Nasa acaba de divulgar esta nova imagem da Nebulosa do Anel, um dos objetos mais fotografados no espaço desde que o homem começou a olhar para lá (e que continua tão fascinante hoje quanto era quando foi descoberta, em 1779).

A imagem é uma colagem de observações feitas com o telescópio espacial Hubble e vários telescópios em terra.

As nebulosas são estruturas incríveis. Elas são grandes nuvens de gás em expansão, formadas pela explosão de estrelas que chegaram ao fim de suas vidas.

A Nebulosa do Anel está a 2 mil anos-luz da Terra e tem cerca de 1 ano-luz de diâmetro (o que significa que você precisaria viajar durante 1 ano à velocidade da luz, sem parar, para chegar de uma ponta a outra; imagine só!).  Ela foi formada cerca de 4 mil anos atrás, pela explosão de uma estrela bem maior do que o nosso Sol. Seu anel de gás (apesar de parecer estático na foto) está se expandindo a cerca de 70 mil km/h, e continuará a se expandir por mais 10 mil anos, segundo a Nasa.

As cores na imagem representam gases de diferentes temperaturas e que estão se movendo em velocidades diferentes. A “piscina” azul no centro é composta de hélio. O pontinho branco no meio da piscina é uma estrela anã-branca (o cadáver da estrela original, por assim dizer), que faz o gás hélio brilhar. As bordas do anel foram formadas quando o gás expelido na explosão chocou-se com material ao redor da estrela. Quanto mais vermelho o gás, mais frio ele está. Quanto mais azul, mais quente. (não estou trocando as bolas não … na astronomia é assim que funciona).

Imagine só!
Para uma descrição completa da imagem, clique aqui.

Comentários