MAYRANT GALLO PROMOVE LANÇAMENTO DE LIVRO CONTEMPLADO PELA PETROBRAS E MINISTÉRIO DA CULTURA


O escritor Mayrant Gallo lançará no próximo dia 8 de maio (quarta-feira), às 19h, o livro “Os encantos do sol” (Escrituras, 2013), na Livraria Cultura, do Salvador Shopping. O autor levou mais de oito anos escrevendo este romance e só o terminou depois de ganhar uma bolsa de criação literária e publicação de duas instituições públicas, Petrobras e Ministério da Cultura, em 2010.

Sobre o livro, o autor afirma, no prefácio, que, sobretudo, se divertiu bastante, ao escrevê-lo e que gostaria que isso ocorresse com os leitores, durante a leitura. Diz ainda que escreveu “Os encantos do sol” sob o “fluxo contínuo da imaginação, do prazer e do acaso, jogando, divertindo-se, sem buscar uma coerência rígida e ciente dos riscos que enfrentava, por misturar, assim tão impunemente, aspectos de vários gêneros narrativos”. Mas, sem dúvida, esta é a essência do romance, definido por muitos críticos, como um gênero informe.

Resumo - Um escritor, enquanto escreve por encomenda o roteiro de uma graphic novel – o qual ele não vai assinar – para um editor americano, envolve-se com a jovem amante-aluna de seu melhor amigo. O relacionamento com a moça oscila conforme o narrador cumpre ou recusa os conselhos de um segundo amigo, confidente ao mesmo tempo machadiano e noir. Pautado nas peripécias erótico-amorosas dos personagens, e estruturado em capítulos curtos e rápidos, o romance evolui da comicidade ao mistério e torna-se mais elíptico e cifrado, até o desfecho simbólico, cujo sentido é entregue ao leitor. Esta é, em resumo, a história de “Os encantos do sol”.

Este é o segundo romance de Mayrant Gallo. O primeiro, “O ritual no jardim”, saiu enfeixado no volume “Três infâncias” (Casarão do Verbo, 2011). Ao ser questionado se estava mudando de gênero, deixando o conto (pelo qual é mais conhecido) em favor do romance, Mayrant Gallo respondeu que “costuma ser dois autores diferentes”, conforme se dedica a um gênero ou outro. E que seu método é simples: “distendo no romance o que no conto, forçosamente, preciso concentrar”.

O autor - Mayrant Gallo publicou O inédito de Kafka (2003), Nem mesmo os passarinhos tristes (2010), Brancos reflexos ao longe (2011) e Três infâncias (2011). Foi colaborador do Correio da Bahia, no qual publicou, semanalmente, mais de trezentos textos, entre crônicas, contos e ensaios, sempre aos domingos. Sua novela Moinhos, que integra o volume Três infâncias, ganhou o prêmio Literatura para Todos 2009, do MEC.



Serviço:
O que: Lançamento do livro Os encantos do sol (Escrituras Editora, 2013).
Onde: Livraria Cultura, do Salvador Shopping.
Quando: Dia 8 de maio (quarta-feira), às 19h,
Entrada: Gratuita
Quantidade de páginas: 160. Valor: R$ 29,80
Informações: 71 8122-7231

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".