O ESCRITOR MOÇAMBICANO MIA COUTO É O VENCEDOR DO PRÊMIO CAMÕES DE 2013





O escritor moçambicano Mia Couto é o vencedor do Prêmio Camões de 2013, o mais importante da literatura em língua portuguesa. Sua premiação é de 100 mil euros.

O júri, formado escritores, críticos e jornalistas lusófonos, foi composto pelos brasileiros Alberto da Costa e Silva e Alcir Pécora, pelos portugueses João Paulo Borges Coelho, José Carlos Vasconcelos e Clara Crabbé Rocha e pelo angolano José Eduardo Agualusa.

Criado por Portugal e Brasil em 1989, o Prêmio Camões é o maior de língua portuguesa. É concedido ao escritor cuja obra contribua para projeção e reconhecimento do idioma.

Nas 24 edições anteriores da premiação, Portugal e Brasil foram vencedores por dez vezes cada. Angola teve dois escritores ganhadores; Cabo Verde foi premiado em 2009 e Moçambique está recebendo o prêmio pela segunda vez agora. 

Veja a lista completa dos vencedores:

2013 – Mia Couto (romancista moçambicano)
2012 – Dalton Trevisan (contista brasileiro)
2011- Manuel António Pina (poeta, cronista, dramaturgo e romancista português)
2010 – Ferreira Gullar (poeta brasileiro)
2009 – Armênio Vieira (escritor de Cabo Verde)
2008 – João Ubaldo Ribeiro (romancista brasileiro)
2007 – António Lobo Antunes (romancista português)
2006 – José Luandino Vieira (escritor angolano; recusou o Prêmio Camões)
2005 – Lygia Fagundes Telles (romancista brasileira)
2004 – Agustina Bessa Luís (romancista portuguesa)
2003 – Rubem Fonseca (romancista brasileiro)
2002 – Maria Velho da Costa (romancista portuguesa)
2001 – Eugénio de Andrade (poeta português)
2000 – Autran Dourado (romancista brasileiro)
1999 – Sophia de Mello Breyner Andresen (poeta portuguesa)
1998 – Antonio Candido (crítico literário e ensaísta brasileiro)
1997 – Pepetela (romancista angolano)
1996 – Eduardo Lourenço (crítico literário e ensaísta português)
1995 – José Saramago (romancista português)
1994 – Jorge Amado (romancista brasileiro)
1993 – Rachel de Queiroz (romancista brasileira)
1992 – Vergílio Ferreira (romancista português)
1991 – José Craveirinha (poeta moçambicano)
1990 – João Cabral de Melo Neto (poeta brasileiro)
1989 – Miguel Torga (poeta e romancista português)


Comentários