'A GREVE DO SEXO' FAZ TEMPORADA NO TEATRO MOLIÈRE


A Greve do Sexo faz temporada no Teatro Molière

Espetáculo critica A Guerra do Peloponeso, que foi um conflito entre as cidades-estado de Atenas e Esparta.

Com livre adaptação do texto de Lisístrata, do dramaturgo grego Aristófanes, o grupo de teatro Vánacontramão fica em cartaz no Teatro Molière (Ladeira da Barra) até 16 de agosto, às quintas e sextas, às 20h, com a peça A Greve do Sexo. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia).

Com direção de Walter Rozadilla,  o espetáculo critica um evento real:  A Guerra do Peloponeso, que foi um conflito militar entre as cidades-estado de Atenas e Esparta. Na peça, as mulheres da Grécia que já não aguentavam mais a guerra que se prolongava, ceifando a vida dos homens e esvaziando os cofres públicos, resolvem com a liderança de Lisístrata, fazer o que estava ao seu alcance: uma greve de sexo. 

Afonso Roberto, Alessandra Azevedo, Ana Paula Abade, André Carsant, Angela Mascarenhas Santos, Débora Vieira, Giovanna Pinho, Gladys Souza, Manoel Fonseca, Políbio Lago, Renata Morais, Tatiana Matos, Tereza Santos, Thelma Fernandes e Vitório Correia integram o elenco.


A Guerra do Sexo
Local - Teatro Molière (Ladeira da Barra)
Data - até 16 de agosto, quintas e sextas, às 20h
Valor - R$30 (inteira) e R$15 (meia)



Comentários