DEPRESSÃO E PROBLEMAS CARDIACOS


Cientistas sabem há muito tempo que pacientes cardíacos que também sofrem de depressão têm risco maior de sofrer um ataque do coração. Mas os especialistas não conheciam o motivo da coincidência. Ao testar o sangue de pacientes com problemas do coração deprimidos e não-depri midos, epidemiologistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Estadual de Ohio descobriram que pessoas com humor mais debilitado produziam o dobro de moléculas inflamatórias, o que poderia causar danos ao músculo cardíaco.

Foram pesquísados 32 pacientes com problemas cardíacos. Os que tinham altos níveis de depressão apresentavam uma molécula mensageira do sistema imunológico, chamada fator alfa de necrose de tumor presente no sangue em quantidade quase duas vezes maior em relação aos níveis detectados em outros pacientes estudados. "Isso sugere a existência de um mecanismo ligando depressão e problemas cardíacos", afirma a coordenadora da pesquisa, Amy K. Ferketich, do Departamento de Epidemiologia da universidade. Ela acredita que identificar e tratar a depressão em pacientes com doenças cardiovasculares previne contra novas crises.


Assista vídeo sobre o tema:

Comentários