PISTOLA IMPRESSA EM 3D: MAIS PERIGOSA COMO IDEIA DO QUE COMO ARMA




O governo americano tomou uma série de medidas para impedir a disseminação da arma 'Liberator' — que pode ser impressa por qualquer um usando uma impressora 3D. A tecnologia disponível, no entanto, não justifica os temores do governo — ainda.

Um arquivo de menos de dois megabytes — capaz de ser armazenado em um velho disquete — é a mais recente ciberameaça ao governo americano. Dentro dele estão contidas informações para qualquer um com acesso a uma impressora 3D fabricar e montar sua própria arma de fogo. Os arquivos contêm a "receita" para imprimir 16 peças de plástico, que incluem cano, gatilho, receptor e cão. Um segundo arquivo, na forma de manual, ensina o usuário a montar a pistola, encaixando as peças uma a uma, como se fosse um brinquedo infantil. "Por fim, deslize o cabo até o quadro e insira o pino de aderência. Sua Liberator está pronta para ser usada!", encerra o manual.

O que assusta o governo americano é o fácil acesso ao arquivo e, por consequência, à arma. Qualquer um, independentemente do estado mental, idade ou antecedentes criminais, pode acessar um site na internet, baixar o arquivo e imprimir as peças. Na era digital, sua circulação ultrapassa fronteiras e ignora impedimentos legais. Movido pela pressão da opinião pública e pelo medo de que as armas caíssem em mãos erradas, o Departamento de Estado americano obrigou os desenvolvedores a retirarem o arquivo do ar menos de quatro dias depois de eles terem sido publicados na internet — mas já era tarde demais.

Nesse meio tempo, ele já havia sido baixado mais de 100.000 vezes em vários países do mundo (com Espanha em primeiro lugar, Estados Unidos em segundo e Brasil em terceiro) e estava disponível em diversos outros sites. Como geralmente acontece na internet, controlar o fluxo da informação se tornou impossível.

Mas a verdade é que impedir a transmissão desses arquivos não deveria ser uma questão de segurança nacional. Como arma, a Liberator é praticamente inofensiva. Ela é frágil e pouco precisa. Seu verdadeiro poder — e isso os próprios desenvolvedores reconhecem — é a ideia que transmite: qualquer um pode imprimir sua própria arma de fogo, sem interferência de qualquer governo.

Saiba tudo sobre isso. Veja Download de armas. Veja vídeo sobre o assunto. Impressionante! Afff! 




Comentários