CONHEÇA O GUARDA-CHUVA SEM CABO. SERÁ QUE ESSA MODA PEGA?



Fonte da imagem: Reprodução/ObviousMag


A invenção bizarra parece ser bastante útil e promete melhor proteção contra a chuva e mais mobilidade aos seus braços.


Guarda-chuvas são objetos comuns, sem muita graça, embora tenham grande utilidade. Do mais rico ao mais pobre, do extremo asiático ao mais latino dos ocidentais, todos têm um guarda-chuva. E quem não tem, empresta, improvisa, acha na igreja ou no consultório do dentista. Quem não tem, talvez tenha acabado de perder, pois mais trivial do que ter um guarda-chuva é perder ou esquecer um guarda-chuva.


E, de repente, alguém se propõe mudar o design desse que é um dos objetos mais tradicionais do mundo. Como assim? Pode isso? Digamos que você fosse um designer e tivesse que criar um novo modelo para guarda-chuvas, o que faria? Será que teria alguma possibilidade de ousadia além da cor, do material usado, do formato da capinha?
Nubrella


Que tal criar um guarda-chuva sem cabo? A ideia, que a princípio parece bizarra demais, não só já foi tida por alguém como, de fato, saiu do papel. O projeto, conhecido como Nubrella, uma brincadeira com a palavra inglesa umbrella, que significa guarda-chuva, traz às ruas o primeiro desses itens sem um cabo, mas com alças que funcionam como uma espécie de mochila e um protetor que parece um capuz maior e mais resistente.

Em todo o mundo, já foram vendidas milhares de unidades, fazendo do Nubrella um negócio em crescimento, mas que ainda precisa de uma mãozinha na procura por investidores. O dono da ideia, Alan Kaufman, explicou que seu invento não pretende substituir os guarda-chuvas tradicionais, mas promover uma proteção extra às pessoas que enfrentam chuvas e nevascas a caminho do ponto de ônibus, por exemplo.

Com uma proteção como essas, suas mãos poderiam ficar abrigadas em seus bolsos ou, ainda, carregar algumas sacolas na volta do supermercado sem que para isso você tivesse que parecer um malabarista. O produto é apresentado em diferentes modelos e tamanhos, tendo um específico para crianças, por exemplo. O nubrella pode ser adquirido online e custa o equivalente a R$ 178. Você compraria?




Comentários