DE CARA NOVA, ORLA DA BARRA VIRA O NOVO POINT DO VERÃO



Mesmo antes da abertura oficial do primeiro trecho da reforma, turistas e moradores já caminham no calçadão ampliado da Oceânica

A primeira etapa da revitalização da orla da Barra, entre o Shopping Barracenter e o Farol, será reaberta oficialmente na próxima sexta-feira, como anunciou em primeira mão a coluna Satélite, na semana passada. No entanto, o estilo de vida da Barra já não é o mesmo. Pedestres, moradores do bairro, turistas e comerciantes locais já começam a colher os frutos antes da entrega oficial do trecho.

Fazendo lembrar bairros famosos de outras capitais, como o Leblon, no Rio de Janeiro, pedestres, muitos em família,  e esportistas aproveitam o espaço privilegiado, que antes da obra era território dos carros.

Pedestres elogiaram o piso novo que, segundo eles, é melhor para caminhar e praticar esportes. E ainda destacaram o fato de a rua estar mais espaçosa, o que permite diversas atividades de lazer em um mesmo espaço, como andar de bicicleta, triciclo, corrida ou uma simples caminhada. Por outro lado, criticaram a falta de policiamento e as dificuldades para encontrar um estacionamento.

O empresário Lúcio Lima, 48 anos, aproveitou a noite de sexta-feira para andar de skate pelo novo calçamento do trecho. “É muito cedo para fazer uma crítica, porque apenas 50% do projeto original foi concluído, mas o resultado está sendo positivo. Esse tipo de calçamento é melhor para praticar esportes. As luminárias na avenida também são muito bonitas”, afirmou. “O acabamento é que não ficou muito legal”, ponderou.

Para o casal Herbert, 31, e Denise Souza, 32, as mudanças significaram mais um espaço de lazer para o filho Artur, de apenas 1 ano. “O fato de a rua estar mais larga e com o piso reformado possibilita que as crianças fiquem à vontade para brincar” afirmou Herbert, gerente de loja.

A psicóloga Vandete Pinto, moradora da Pituba, aprovou as mudanças, mas apontou algumas falhas. “Durante muito tempo, a Barra esteve abandonada. A reforma está trazendo vida a esse lugar”, elogiou. “Mas estou preocupada quanto aos estacionamentos. Não há opção e isso será um problema”, completou. A alguns metros dali, agentes da Transalvador rebocavam um carro que estava parado em local proibido.

Quem também está gostando da presença maciça de pedestres são os comerciantes. Segundo o empresário Eric Matos, proprietário da Pizzaria Trilha da Pizza, o faturamento aumentou em 70% na comparação entre os períodos pré e pós-reforma. “Antes, nos dias de maior movimento, eu conseguia um rendimento de cerca de R$ 1,5 mil. Agora, tem dias que dobro”, afirmou.

Os turistas de Juazeiro Edinho Araújo, 21, e Edvânia Barros, 23, também gostaram. “Essa é a nossa primeira vez em Salvador e estamos adorando. A cidade é linda e essa região é mais bonita ainda, tem espaço suficiente para caminhar e passear com as crianças”, afirmou Edinho. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, opine, colabore, construa. Faça parte desse "universo".